Jornal do Brasil

Quarta-feira, 16 de Abril de 2014

Internacional

Kiev reúne 200 mil manifestantes pró-União Europeia

Segundo a polícia, a estátua de Lenin foi derrubada 

Agência ANSA

Cerca de 200 mil pessoas saíram às ruas de Kiev neste domingo (8/12) para protestar contra a decisão do presidente ucraniano, Viktor Yanukovich, de não assinar um acordo de associação com a União Europeia (UE). Muitos pedem, inclusive, a renúncia do mandatário.  

Os manifestantes carregavam bandeiras da Ucrânia, da UE e de partidos da oposição. A maioria se reuniu na Praça da Independência, símbolo da revolução pró-ocidental de 2004, chamada de "Revolução Laranja". Alguns derrubaram a estátua de Lenin em Kiev, de acordo com informações da polícia local. 

A tensão no país aumentou desde a última sexta-feira, quando foi divulgado que Yanukovich teria conversado com o presidente russo, Vladimir Putin, sobre uma possível associação da Ucrânia à União Euroasiática, formada por ex-repúblicas soviéticas e defendida por Moscou como contraponto à UE. A Rússia teria oferecido benefícios financeiros à Ucrânia para a assinatura do acordo.

Tags: euroasiática, europeia, união, viktor, yanukovich

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.