Jornal do Brasil

Domingo, 20 de Abril de 2014

Internacional

Coreia do Sul consultou os EUA antes de ampliar zona de defesa aérea

Agência Brasil

O governo da Coreia do Sul consultou autoridades norte-americanas antes de expandir sua zona de defesa aérea, que se sobrepõe à anunciada recentemente pela China. A informação foi confirmada hoje (8) pelo Departamento de Estado dos Estados Unidos.

O porta-voz do órgão, Jen Psaki, divulgou um comunicado destacando que a decisão sul-coreana foi tomada após “conversas com os Estados Unidos”.

O anúncio sobre a ampliação da Zona de Identificação de Defesa Aérea foi feito pelo governo da Coreia do Sul em resposta à recente decisão da China de instaurar um perímetro idêntico que se sobrepõe ao espaço controlado há anos por Seul.

Essa zona foi alargada em direção ao sul e inclui agora o espaço aéreo sobre o ilhote submerso de Ieodo, administrado por Seul, que instalou no local uma plataforma de investigação científica. Autoridades de Pequim afirmam que a área é parte da sua Zona Econômica Exclusiva.

No final de novembro, a China anunciou uma nova zona de defesa aérea, que desencadeou uma onda de protestos por parte da Coreia do Sul e do Japão. As críticas recaem sobre o fato do novo perímetro cobrir também as ilhas Senkaku e Diaoyu, administradas por Tóquio. Pequim reclama a soberania das ilhas.

Tags: Coreia, crise, ESPAÇO, Estados Unidos, internacional

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.