Jornal do Brasil

Sábado, 19 de Abril de 2014

Internacional

Coreia do Sul anuncia expansão de zona aérea que se sobrepõe à chinesa

Portal Terra

A Coreia do Sul anunciou neste domingo (08/12) que estendeu sua zona de defesa aérea, sobrepondo parcialmente a zona aérea declarada pela China há algumas semanas, medida que deve aumentar ainda mais a tensão na região.

De acordo com o Ministério da Defesa, a nova zona entrará em vigor no próximo domingo, dia 15, e vai incluir o recife Ieodo, ao sul do país, que a China chama de Suyan e declarou como parte de sua nova zona de defesa aérea há algumas semanas.

A região do recife é controlada por Seul, mas tem sido uma fonte de tensão com Pequim há tempos. Kim Min-Seok, porta-voz do Ministério da Defesa sul-coreano, afirmou que “nós iremos coordenar com os países relacionados para evitar confrontos militares acidentais e garantir a segurança de aeronaves”.

No fim de novembro, a China unilateralmente anunciou uma nova zona de defesa aérea na região do Mar da China, e, entre outras medidas, exige que todas as aeronaves apresentem previamente suas rotas de voo e se mantenham identificadas por rádio nesse espaço, sob ameaça de confronto.

A medida provocou a ira dos seus vizinhos, especialmente o Japão e a Coreia do Sul, que já havia exigido que a Pequim fizesse modificações no traçado de sua nova zona aérea para não violar os limites das Forças Armadas sul-coreanas. Os Estados Unidos, país aliado a Seul e Tóquio, declararam que não aceitam a "legitimidade" das exigências chinesa nessa zona aérea.

Tags: aérea, cHINA, expansão, Japão, Zona

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.