Jornal do Brasil

Quarta-feira, 23 de Abril de 2014

Internacional

Líder do Hezbollah é morto e grupo acusa Israel

Agência ANSA

O Hezbollah anunciou nesta quarta-feira (4) que um de seus líderes, Hassan Hawlo al-Lakiss, foi assassinado perto de sua casa na periferia de Beirute, capital do Líbano, e acusou Israel pela morte. O ataque foi realizado por homens armados não identificados em um estacionamento.    

Al-Lakiss comandava uma milícia xiita anti-israelita, que há mais de um ano estava envolvida no conflito da Síria ao lado das forças fiéis ao presidente Bashar al Assad. Um obscuro grupo jihadista denominado Brigada dos Sunitas Livres de Baalbeck, reivindicou a realização da emboscada em sua conta no Twitter.    

Israel, por sua vez, rejeitou a acusação do Hezbollah. "São acusações automáticas. Os membros do Hezbollah não precisam de provas ou fatos, simplesmente acusam Israel de tudo", disse um porta-voz do ministério das Relações Exteriores citado pela rádio militar do país. 

Tags: beirute, grupo, líbano, morte, terrorista

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.