Jornal do Brasil

Quarta-feira, 26 de Novembro de 2014

Internacional

Enviado da ONU condena ataque que pode ter matado 200 pessoas na Síria 

Jornal do Brasil

Kofi Annan, enviado da Organização das Nações Unidas (ONU) à Síria, afirmou nesta sexta-feira (13) que as forças locais usaram armas pesadas contra o vilarejo de Treimsa, local de um massacre que pode ter matado 200 pessoas em uma região controlada por rebeldes antigoverno de Hama.

Annan emitiu comunicado no qual condena as "atrocidades" e demonstrou indignação com os "combates intensos, número significativo de mortes, e o uso confirmado de armas pesadas como artilharia, tanques e helicópteros".

A ofensiva pode ter matado entre 150 e 200 pessoas na localidade, segundo a oposição síria.

A oposição apelou para que o Conselho de Segurança da ONU adote uma resolução vinculante contra o regime do contestado presidente Bashar al Assad por conta do incidente.

Tags: annan, hama, kofi, mortos, síria

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.