Jornal do Brasil

Internacional

Ex-chefe de campanha de Trump se declara culpado e vai cooperar em investigação russa

Jornal do Brasil

O ex-chefe de campanha do presidente Donald Trump, Paul Manafort, aceitou nesta sexta-feira (14) cooperar na investigação sobre a suposta interferência russa na eleição presidencial americana de 2016.

Em um acordo judicial para evitar um segundo julgamento por lavagem de dinheiro e acusações de lobby ilegal, Manafort concordou em se declarar culpado de uma acusação de conspiração contra os Estados Unidos e outra acusação de obstrução da Justiça.

pmh/ia/mr



Recomendadas para você