Jornal do Brasil

Sexta-feira, 18 de Abril de 2014

Informe JB

Petrolífera russa fundada por ex-preso tem interesse no Brasil

A Yukos, petrolífera fundada pelo ex-magnata russo do petróleo e ex-preso, Mikhail Khodorkovski, solto na sexta-feira passada (20), após receber indulto do presidente Vladimir Putin, tem interesse em atuar no Brasil. 

A Yukos foi uma das maiores empresas do mundo e a maior da Rússia, com atuação nos setores de extração, transporte, refino e distribuição de petróleo.Durante a prisão de Khodorkovski, a empresa foi vendida para o grupo financeiro Baikal Financial, que posteriormente foi adquirido pela petrolífera estatal russa Rosneft em 2007.

Khodorkovski foi preso por ter peitado Putin no início da década passada. O presidente russo, recém eleito, não aceitou que Khodorkovski financiasse a oposição a seu governo. Para alguns críticos da prisão, o encarceramento teve o objetivo conter as ambições políticas do ex-empresário. Para outros críticos, a prisão representou um corretivo ao ex-magnata que na verdade era um laranja.

Tags: da década, foi, início, khodorkovski, no, passada, peitado, por ter, preso, putin

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.