Jornal do Brasil

Quarta-feira, 25 de Abril de 2018 Fundado em 1891
Informe JB

Colunistas - Informe JB

Baixa no ninho tucano

Jornal do Brasil Ana Paula Siqueira

A saída da senadora Marisa Serrano (PSDB-MS) vai diminuir o poder e o espaço da oposição no Senado. O suplente Antonio Russo Netto (sem partido), que assumirá a vaga, foi eleito pelo PR, que compõe a base de sustentação do governo. Ele chegou a se filiar ao PSDB, mas por “resguardo jurídico”, deixou a legenda e está negociando sua volta ao PR. Caso permanecesse no partido oposicionista, corria o risco de ficar sem o mandato por infidelidade partidária.  Lideranças tucanas já lamentam a perda.

Fora do PSDB

Marisa Serrano terá que deixar o PSDB para exercer o cargo de conselheira.

Alvo verde

Ex-senadora Marina Silva sonda parlamentares para novo partido

A crise dentro do PV, que já dura três meses, pode terminar com a criação de um novo partido liderado por Marina Silva. A ex-senadora tem sondado parlamentares sobre a disposição de ingressar na possível nova legenda. O PDT é um dos alvos.

Alternância de poder

O grupo de Marina quer a troca da direção da legenda, que há 12 anos é presidida pelo deputado Luiz de França Penna (SP).

Só depois de 2012

Apesar disso, membros do grupo de Marina Silva ainda tem esperança de reverter a situação. Caso contrário, depois das eleições municipais do próximo ano, mais um partido deverá ser criado no país.

Anistia

Os deputados federais do Rio pretendem cobrar do presidente da Câmara, deputado Marco Maia (PT-RS), urgência na votação dos projetos que prevêem anistia aos bombeiros militares do Rio. Eles também querem uma audiência com o governador Sérgio Cabral para resolver o impasse.

Pesquisa informal

Pelos cálculos do presidente da Força Sindical, deputado Paulo Pereira da Silva (PDT-SP), ele já conseguiu o apoio de 53% dos parlamentas da Câmara para a redução da jornada de trabalho para 40 horas semanais. Ainda sim, seria insuficiente, pois para a aprovação de uma PEC são necessários os votos de 308 dos 513 deputados. A intenção é votar a proposta em agosto.

Carros na Bolívia

Os ministros da Justiça, José Eduardo Cardozo, e das Relações Exteriores, Antonio Patriota, poderão ser convidados a comparecer no Senado para discutir a decisão da Bolívia de legalizar carros com origem desconhecida.  A alegação do governo boliviano de que a medida pretende atingir os mais pobres não convenceu o senador Pedro Taques (PDT-MT), autor do requerimento, que teme a legalização de veículos roubados no Brasil.

Dança dos suplentes

O TRE de Minas Gerais concluiu ontem a retotalização dos votos para deputado nas últimas eleições. A incorporação dos mais de 58 mil votos de Carlos Alberto Pereira (PDT), leva o candidato a segunda suplência do partido na Câmara. Sérgio Miranda, que obteve cerca de 55 mil votos, fica com a terceira colocação. Pereira havia sido enquadrado na Lei da Ficha Limpa.

Novo arcebispo

Dom Sérgio da Rocha foi escolhido o novo arcebispo da arquidiocese de Brasília pelo papa Bento XVI. Ele fica no lugar de João Braz de Aviz, que desde janeiro é prefeito da Congregação para os Institutos Vida Consagrada e Sociedades de Vida Apostólica, em Roma.



Tags: ana paula siqueira, ninho tucano, oposição, senado

Compartilhe: