Jornal do Brasil

Sábado, 18 de Agosto de 2018 Fundado em 1891
Informe JB

Informe JB

Jan Theophilo


A hora do guizo no gato

Jornal do Brasil

O tempo vai passando e a turma mais pé no chão do PT nacional começa a se dar conta de que o partido virou refém de si mesmo. Se assumir que Lula está fora das eleições, o partido calcula que verá pelo menos dois terços de seus votos se espalharem. Os otimistas ainda sonham com as chances de um Fernando Haddad, que traria um discurso renovado, o peso histórico do PT de São Paulo e teria grande potencial de crescimento no Nordeste com a transferência dos votos de Lula. O problema é que, otimista, é aquele sujeito que tem câncer terminal e se agarra desesperadamente aos 10% de chances de vencer a doença. O PT hoje não tem nem esses 10%. Na avaliação de petistas de grosso calibre, o que o partido está cometendo é um equívoco. Não há dado concreto de realidade indicando que Lula será mesmo solto ou, se solto, poderá disputar as eleições. Todos os sinais apontam o contrário. Para complicar ainda mais, o PT não admite, mas não é uma verdade absoluta que Lula venceria a eleição com um pé nas costas. Pesquisas nesta época do ano revelam muito mais a lembrança do eleitor sobre determinado candidato do que a convicção de um voto. Paulo Maluf liderou pesquisas por anos e nunca ganhou uma eleição. O problema é encontrar um aglutinador para o lugar de Lula. Posição que quase foi ocupada por Ciro Gomes que, pra variar, morreu pela boca. A única certeza é que a aproximação da eleição vai radicalizar ainda mais um quadro hoje já extremamente polarizado. Quem viver, verá.

Os sem terrinha 

O MST está renovando a sua militância. Esta semana, o “1º Encontro Nacional das Crianças Sem Terrinha” reunirá crianças de 8 a 12 anos em Brasília para “debater direitos e rever o estatuto da criança e do adolescente”. O encontro, que tem como objetivo a emancipação humana e levar os pequenos a entender a própria realidade, tem até um lema: “Sem Terrinha em Movimento: Brincar, Sorrir, Lutar por Reforma Agrária Popular!”. 

Dudu da madame 

Começou a circular na internet um sambinha dedicado a Eduardo Cabral, perdão, Paes, chamado “Dudu da madame”: “Dudu é um cachorro muito mauricinho/se contrariado fica nervosinho/ele late fininho, perturba adoidado/Dudu faz caquinha pra tudo que é lado/mas se a coisa aperta presse cachorrinho/Dudu pede colo, quer ficar quietinho/Por isso no Rio só há quem exclame...ôôô... é o Dudu da Madame”.

Bola fora 

Aliás, a chapa esquentou sexta-feira no comando da campanha de Eduardo Cabral, perdão, Paes. O entorno do ex-prefeito não gostou nadica da articulação de Rodrigo Maia para indicar Marcelo Delaroli como candidato a vice. A avaliação é que em um eventual segundo turno contra Romário, Eduardo já teria contra ele Garotinho e Índio da Costa. Com Delaroli, adversário de Quaquá em Maricá, na vice, teria ainda mais o repúdio do PT.

Coisas nossas 

Os políticos brasileiros criaram uma nova jabuticaba: a eleição sem campanha! O TRE chamou coordenadores das candidaturas para estabelecer as regras das convenções. Vamos a algumas delas: não podem haver bandeiras nem camisetas. Música ou palavras de ordem só dentro dos ginásios mediante risco de multa. E o melhor: não se pode distribuir água! 

Dom Toretto 

Durante uma fiscalização da Secretaria de Transportes em busca de vans piratas na Barra, essa semana, um motorista se recusou a parar e fugiu, com todos os passageiros a bordo, na contramão da Érico Veríssimo. A galera tentou dar um sacode no piloto, mas foi contida pelos fiscais que aplicaram uma multa de R$ 6 mil ao motorista e retiveram sua habilitação.

--------

LANCE LIVRE

• O filme “O Veneno Está Na Mesa I” de Silvio Tendler, que fala sobre os perigos que enfrentamos na alimentação pelo atual modelo de agronegócio, será exibido na próxima quinta no Museu da República. Gina Teixeira lançará quinta-feira, na Associação Brasileira de Imprensa, a antologia “Declama na ABI”, do jornalista Carlos Carvalho, com o conto “Viva a Gina”.



Tags: infome jb, lula, mst, pt, silvio tendler

Compartilhe: