Jornal do Brasil

Quinta-feira, 19 de Julho de 2018 Fundado em 1891
Informe JB

Informe JB

Jan Theophilo


Um plano laranja?

Jornal do Brasil

Para boa parte da direção estadual do PT, o domingo não foi de jogo do Brasil. Vestidos como bombeiros, eles precisaram mergulhar nos grupos de whatsapp do partido para conter a revolta contra a indicação de Marcia Tiburi como a pré-candidata do partido ao governo. Nada contra a escritora propriamente, ou mesmo algum movimento contrário a esse tipo de indicação “de cima para baixo”, já que Celso Amorim se enquadrava no mesmo perfil. A ira dos petistas foi atribuída à boataria que correu no partido de que Marcia seria, na verdade, um candidato “laranja” da ala petista que sempre sonhou em caminhar ao lado de Eduardo Paes na disputa para o governo do Rio. Os petistas estiveram com Eduardo em suas duas gestões. Fizeram o vice-prefeito e tiveram secretarias importantes.  A filiação dele ao DEM estragou qualquer chance de acordo. Daí a idéia do plano laranja. Marcia, na visão dessa ala do partido, atuaria para tirar do Professor Tarcisio votos que na contagem final podem fazer a diferença entre quem vai ou não para o segundo turno _ se houver segundo turno. Que Eduardo está jogando para ganhar a eleição antes da campanha, todo mundo sabe. Que parte do PT estaria participando desse empreendimento, é outra história. Até o fechamento dessa edição o couro continuava comendo solto em alguns destes grupos de discussão.

Voa, canarinho

A PSBI, empresa especializada em coleta de dados, está monitorando o impacto da Seleção nas redes sociais. Só no último domingo, foram registrados mais de um milhão de comentários no Twitter em menos de 24 horas. Destes, nada menos que  640 mil tweets envolviam o nome de Neymar, sendo que boa parte sobre o seu polêmico penteado. Falando de futebol, o jogador com maior aprovação foi Philippe Coutinho, com 78% dos comentários positivos. 

Speed racer

O plenário da Alerj promete pegar fogo hoje à tarde. Para começar a discutir o Orçamento de 2019 na quarta-feira, as lideranças dos partidos avisaram à presidência da Casa que exigem votar antes todos os vetos do governador a seus projetos. Isso significa votar nada menos que 54 vetos. Nem o golpe, ops, impeachment foi tratado com tamanha celeridade.

Rent a car

O MP estadual está passando o pente fino nos gastos da Prefeitura de Itaguaí. Os promotores já descobriram preciosidades, como o aluguel de uma ambulância para um evento pela besteira de R$ 94 mil. Quase dava pra comprar uma zero bala.

Rivotril neles

Depois da queda da cúpula da Alerj, outro grupo de deputados tem tido dificuldades de encontrar o sono dos justos. É a turma que ocupou as presidências das comissões mais importantes da casa durante a gestão de Paulo Mello. Fazem parte da lista nomes como André Correa, Coronel Jairo e Iranildo Campos, entre outros.

Liberal é liberal

Presidente do Livres, membro do Agora! e bolsista do RenovaBR, Paulo Gontijo quer ser o primeiro deputado 100% liberal da Alerj. “Não existe essa história do sujeito ser  liberal na economia e conservador nos costumes, isso é uma imensa besteira”, diz Paulo. Além de prometer barrar projetos que atrapalhem a vida dos empreendedores, o empresário quer pautar seu mandato por uma postura mais contemporânea nos temas comportamentais. Parece que a direita brasileira resolveu usar a cabeça.

O ano que não acaba

Cid Benjamin e Felipe Demier lançam pela Mauad uma coletânea de 10 artigos sobre o cinquentenário de 1968.  Uma afirmação e uma analogia estão presentes no livro: 1968 foi um ano atípico pela intensidade da participação política e pode ser comparado com 1848, quando, 120 anos antes, ocorreu a chamada “Primavera dos Povos”. Deixou um importante legado para as lutas libertárias em todo o planeta e influenciou toda uma geração de ativistas políticos.

LANCE LIVRE

Foi aberto ontem o edital para patrocínio de projetos culturais da Caixa. São R$ 39 milhões para investimentos em artes visuais, cinema, dança, música e teatro. As inscrições devem ser feitas pelo site  http://www.programasculturaiscaixa.com.br.



Tags: informe jb, livres, marcia tiburi, política, rio

Compartilhe: