Jornal do Brasil

Quinta-feira, 16 de Agosto de 2018 Fundado em 1891
Informe JB

Informe JB

Jan Theophilo


Rivotril neles

Jornal do Brasil

Nos últimos dias tem aumentado a pressão sobre o ex-prefeito Eduardo Paes para que ele defina de vez sua candidatura ou não ao governo do Rio. Do PP ao PMDB, passando pelo PTB e seus filhotes, a grita é grande. Eduardo, sabiamente, conversa, conversa, não fecha nada e empurra o problema para Rodrigo Maia. Mas toda essa indefinição tem uma data limite. Neste sábado, os principais cardeais do DEM estarão no Rio para um grande encontro onde definirão de vez os rumos do partido. Presentes, entre outros nomes, ACM Neto, Ronaldo Caiado e Rodrigo Pacheco. Nacionalmente, Rodrigo Maia tem articulado para que o DEM saia líder de um grande campo de Centro, mas teme que esses acordos acabem caindo de graça no colo de Geraldo Alckmin. O DEM , em resumo, está em dúvida e sofrendo coação de todos os lados. O partido tem conversas amplas, que vão de uma aliança em torno de Álvaro Dias a Ciro Gomes. No formato da nuvem hoje, tudo o que o DEM não quer é voltar a ser órbita do PSDB de Alckmin.

Fora do páreo 

O ex-chanceler Celso Amorim bateu o martelo e confirmou ontem à coluna sua desistência da pré-candidatura do PT ao governo do Rio. “Falavam em meu nome como renovação do PT, mas tenho 76 anos”, diz ele. “Sou passado e não futuro. Minha candidata agora é Marcia Tiburi”.

Eleições na serra 

Pareceu corrida de cavalos a apuração das eleições extraordinárias de Teresópolis, anteontem à noite. O candidato do PPS, Vinicius Claussen, chegou a abrir 3.500 votos à frente do emedebista Dr Luiz Ribeiro. Mas Luiz virou com 35 votos de vantagem e somente na última urna Vinicius venceu com apenas 22 de diferença. Como se diz no Jockey, foi por um nariz.

O ‘não’ ganhou 

Mas o que chamou mesmo atenção nas eleições de Teresópolis foi o altíssimo índice de não estou nem aí. Nada menos que 35% dos eleitores se abstiveram de sufragar e mais de 20% votaram branco ou nulo.

Moral alta 

Mas a vitória serviu de estímulo ao pré-candidato do PPS, Rubem César Fernandes. “Este foi um sinal claro de um estado de espírito”, diz Rubem. “Que ao contrário do que pensam os caciques, há uma mensagem de renovação”.

Palanque no Rio 

O deputado Altineu Côrtes está alinhando com Jair Bolsonaro os últimos detalhes para anunciar o lançamento da pré-candidatura do deputado Marcelo Delaroli, que atuará como palanque do presidenciável no Rio. “Além da afinidade com Bolsonaro, ele é de Maricá, o que vai irritar ainda mais o Eduardo Paes”, provoca Altineu.

Mick Jagger 

Depois de estampar a logomarca da ONG na camisa do Corinthians no último domingo, o Afroreggae quer fechar a mesma parceria com o Flamengo. Após o resultado do clássico, a torcida rubro-negra prefere que a aliança fique restrita aos adversários.

Pela internet 

O Instituto Data Venia foi à luta para checar quais os candidatos ao governo do Rio são mais populares nas redes sociais. Romário, como era de se esperar, é o mais badalado com 2,6 milhões de seguidores no Facebook e 1,1 milhão no Instagram. Eduardo Paes vem lááááá atrás em segundo com 140 mil no face e 35 mil no Instagram. A surpresa é a professora Marcia Tiburi em terceiro, com 84 mil no face e 29 mil no IG.

Velha guarda 

O pré-candidato da Rede, Miro Teixeira, praticamente inexiste nas redes sociais.

--------

LANCE LIVRE

• O ator capixaba Stênio Garcia será homenageado durante o Fest Cine Pedra Azul, festival de cinema que será realizado a partir de sexta-feira em Domingos Martins, no Espírito Santo.



Tags: eduardo paes, informe jb, pmdb, pp, pt

Compartilhe: