Jornal do Brasil

Domingo, 22 de Abril de 2018 Fundado em 1891
Informe JB

Informe JB

Jan Theophilo


La confianza soy yo

Jornal do Brasil

Está longe de ser um 7 a 1, mas não deixa de ser um 3 a 0 vexaminoso. Segundo as agências de crédito S & P, Moody's e  Fitch, o Paraguai é hoje um lugar mais confiável para os investidores do que o Brasil de Temer. Essa turma analisa basicamente a solvência de um país, ou seja, a capacidade dele honrar seus compromissos. Para estas agências, a classificação de risco Brasil está abaixo do chamado grau de investimento. Dentre os vários índices e fatores analisados pelos técnicos, um tem peso especial: a estabilidade institucional de uma nação. Fica uma dúvida, que talvez valha como consolo. Essas agências são exatamente as mesmas que dez anos atrás, na Crise de 2008.  atribuíam as mais altas notas a bancos como AiG, RBS  e o Lehman Brothers, fundado em 1850, cuja derrocada gerou um efeito dominó, levando  várias grandes instituições financeira a quebrar. 

Mico olímpico 

Inspira cuidados a situação da piscina do Centro de Treinamento do Complexo Esportivo da Escola de Educação Física da UFRJ.  Um dos supostos legados olímpicos,  ela foi vítima em janeiro, de um alagamento na casa de máquinas e está  sem condições  de uso. As águas estão em um estranho tom de verde escuro exalando um cheiro muito  esquisito.

Mico olímpico 2

 A piscina foi resultado de um investimento de  R$ 68 milhões no centro de treinamento, que foi usado pelas delegações de nado sincronizado para treinos durantes os Jogos Olímpicos. Além da piscina foram construídos dois campos de rugby na grama. 

Fragmentado 

Eduardo Paes afirmou em nota que se filiou ao DEM, mas não é candidato a coisa alguma. Ele tem fugido de entrevistas sobre política alegando que é uma proibição contratual da BYD Motors, empresa de carros elétricos da qual é vice-presidente. A coluna perguntou então, via whatsapp, quantos carros Eduardo já vendeu. “Não sou vendedor de carros”, foi a resposta, seca. Se não é vendedor de carros, nem candidato ao governo, Eduardo cisca tanto porque?

Não vai ter golpe? 

A Faculdade de Direito da UERJ lançou nova cadeira:  “O Golpe de Estado de 2016 e o futuro da democracia no Brasil”, seguindo caminho aberto pela Universidade de Brasília. A aula inaugural será dada  dia 18, pelo diretor do curso, Ricardo Lodi, ex-advogado de Dilma no impeachment.

No mundo da lua 

Senso de oportunidade é isso aí. Já que  ontem não havia nada acontecendo na política brasileira, Marina Silva, a Mahatma Gandhi de Xapuri, aproveitou e lançou, no Club Marina Hall, em Brasília sua candidatura à Presidência. O slogan é uma coisa: “Não dá para querer mudar e não mudar.”. 

Rio sem conservação 

A coluna cometeu um erro imperdoável ontem ao listar as omissões da prefeitura na área de conservação da cidade. Esquecemos de lembrar que o histórico  Relógio da Glória, um dos primeiros da cidade, instalado em 1905,  está parado há anos marcando, exatamente, 13h50.

Professor Tarcísio 

No finzinho do ato pró Lula anteontem, Marcelo Freixo, do Papal (Partido do Apartamento da Paula Lavigne), facção que só pratica o bem no seio do PSOL, reclamou da linha editorial do JORNAL DO BRASIL: “Vocês não me dão moral”, chiou. O combativo parlamentar tem razão.

LANCE LIVRE

 O Laboratório de Performance Humana da Casa de Saúde São José promove, sexta-feira, a palestra “Aspectos Fisiológicos do Treinamento em Altitude”, com o professor da Universidade de Exeter, Dimitris Vlachopoulus. A Associação Comercial fará almoço amanhã em torno do pré-candidato do DEM, Rodrigo Maia.



Tags: artigo, informe, jan, jb, theophilo

Compartilhe: