Jornal do Brasil

Domingo, 24 de Junho de 2018 Fundado em 1891
Informe JB

Informe JB

Jan Theophilo


A ebulição do PSDB

Jornal do Brasil

Não que seja surpresa para ninguém, mas está pegando fogo o ninho tucano com as articulações para que o ex-prefeito Eduardo Paes seja o candidato do partido ao governo do Rio. Lideranças cariocas afirmam que o clima é de absoluto desconforto e que a direção nacional tem olhado para a questão do Rio de forma simplesmente matemática, ou seja, querem porque querem um palanque forte para Geraldo Alckmin no estado. Eduardo tem mantido conversas constantes com tucanos emplumados como os senadores José Serra e Aécio Neves. Mas o PSDB do Rio prefere compôr uma aliança em torno da candidatura do vereador Cesar Maia. Um dos poucos a se manifestar publicamente sobre o tema, o deputado e ex-vice-governador, Luiz Paulo Corrêa da Rocha, é taxativo.: “O PSDB nacional diz que a candidatura de Eduardo seria uma boa. Mas boa pra quem, caras-pálidas”, diz.

É mole? 

E a base do governo Pezão segue firme no propósito de melar a CPI dos Transportes na Alerj. Depois de dizer que não caberia à CPI investigar irregularidades de agentes públicos e privados, pois o Ministério Público Federal já estaria fazendo isso, o deputado Milton Rangel alegou que não poderiam haver sessões às segundas, “por se tratar de ano eleitoral e os deputados precisam estar em suas bases”. 

Boa, Tutuca

Outra manobra foi tentar impedir convocações básicas, como a do secretário de Transportes e do presidente do Detro. Só que deu ruim. O líder do governo, Gustavo Tutuca, faltou a sessão e o suplente que assumiu foi o deputado Flávio Serafini, do PSOL. As convocações, lógico, foram aprovadas. 

Estado de alerta 

A intervenção militar no Rio pôs em assembléia permanente a Federação das Favelas do Estado do Rio (Faferj). As associações de moradores marcaram uma reunião semanal toda terça-feira e exigem uma reunião com o general Walter Souza Braga Netto, para um papo reto sobre possíveis ocupações de suas comunidades.

Mistérios

Os generais à frente da intervenção do Rio andam intrigados com alguns aspectos da organização das polícias do Rio. Um deles é por que a DRACO (Delegacia de Repressão ao Crime Organizado) é a única que está subordinada diretamente ao secretário de Segurança e não à chefia da Polícia Civil, como todas as demais.

Cidade Maravilhosa 

O escritor Ruy Castro está mergulhado em pesquisas para lançar seu próximo livro, que tratará do Rio de Janeiro nos anos 20.

Inseticida 

Todo artista tem que ir aonde o povo está, e com esse verso na cabeça a direção do Detran adotou uma medida simples para se livrar da praga dos Zangões. Para quem não sabe, são malandros que se passam por despachantes e ficam na porta da sede do órgão vendendo facilidades. A solução foi pôr um quiosque de com uma equipe para tirar as dúvidas da população. Apenas nos dois primeiros meses do ano o número de atendimentos chegou a exatos 13.997. 

Papo de advogado 

Um grande advogado do Rio, define hoje sua carteira de clientes como 2PF:: “Um terço está Preso, outro terço está sendo Processado e o restante está Falido”.

LANCE LIVRE 

Leandro Bellini  promove hoje, às 20hs, a estreia do espetáculo “Tom na Fazenda”, no Teatro Cesgranrio.  Ciro Gomes será o próximo convidado da Associação Comercial, na série de palestras com presidenciáveis, dia 15, às 11hs. A galeria Luciana Caravello Arte Contemporânea abre, terça-feira, exposição de  imagens de Ipanema do fotógrafo Alair Gomes. 



Tags: coluna, informa, jan, jb, jornal, teophilo

Compartilhe: