Jornal do Brasil

Acervo

MPF diz que não quer constituir entrave à revisão de contratos de rodovias

Jornal do Brasil

A situação das concessões de rodovia é grave e exige "inovações ousadas", disse nesta terça-feira, 14, o procurador da República Frederick Lustosa de Melo, durante audiência pública na Câmara dos Deputados. "É muito simples dizermos 'não' a tudo e ser legalista", disse. "Mas precisamos tomar uma posição."

O procurador do MPF se mostrou aberto à discussão sobre a revisão ampla dos contratos de concessão proposto pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). "Não queremos constituir entrave nesse processo", afirmou, colocando-se à disposição para participar das discussões.

Na avaliação do procurador, o problema das concessionárias não se resume a um mero desequilíbrio financeiro. Ele reconheceu que houve uma profunda alteração do quadro macroeconômico, o que exige soluções mais amplas.



Tags:

Recomendadas para você