Jornal do Brasil

Acervo

Sobe para 22 número de mortos em desabamento em Gênova, na Itália

Jornal do Brasil

Subiu para 22 o número de mortos no desabamento da Ponte Morandi, em Gênova, na Itália, informou o vice-ministro de Infraestruturas e Transportes, Edoardo Rixi. Até agora, quatro pessoas foram tiradas dos escombros com vida.

Uma grande porção da ponte Morandi, que passa pela rodovia A10, em Gênova, na Itália, desabou nesta terça-feira (14). Autoridades italianas falam em "tragédia".

De acordo com as primeiras informações da Defesa Civil local, um colapso estrutural provocou o desabamento da ponte. Choveu muito na manhã desta terça-feira em Gênova e havia pontos de alagamento no momento do incidente.

O chefe do serviço de ambulâncias de Gênova afirmou que há "dezenas de mortos", segundo a agência italiana de notícias Adnkronos. 

>> Equipes retiram 2 pessoas com vida de escombros em Gênova

>> 'O inferno é aqui', dizem bombeiros em resgate em Gênova

>> Testemunha diz ter visto raio atingir viaduto em Gênova

Veja vídeo publicado no Youtube com imagens do momento do desabamento:

De acordo com a emissora Sky Italia, uma testemunha disse ter visto "oito ou nove veículos na ponte" no momento em que ela desabou e qualificou o incidente como uma "cena apocalíptica".

O primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte, foi informado do acidente e acompanha o caso com seu gabinete.

O vice-premiê e ministro do Interior, Matteo Salvini, disse que 200 bombeiros tentam resgatar as vítimas do desabamento. "Estamos acompanhando minuto a minuto a situação do desabamento da ponte em Gênova. Agradeço desde já aos 200 bombeiros - e todos os outros heróis - que estão trabalhando para salvar vidas", escreveu Salvini no Twitter.

"Estou seguindo com a máxima apreensão o que aconteceu em Gênova, e parece ser uma tragédia. Estamos em contato com a empresa que administra a autoestrada", disse o ministro dos Transportes da Itália, Danilo Toninelli.

Histórico

O viaduto Polcevera, também chamado de Ponte Morandi, atravessa Polcevera, em Gênova, e passa pelos bairros de Sampierdarena e Cornigliano, que ficam próximos ao aeroporto local. É considerada uma das principais vias de acesso pela capital da Ligúria.

Projetado pelo engenheiro Riccardo Morandi, o viaduto foi construído entre 1963 e 1967 e chegou a ser batizado e "Ponte do Brooklyn" pelas semelhanças com o famoso local em Nova York. O viaduto mede 1.182 metros. (ANSA)



Tags:

Recomendadas para você