Jornal do Brasil

Acervo

Excedente comercial da China com EUA cresce em junho

Jornal do Brasil

O excedente comercial da China com os Estados Unidos aumentou novamente em junho, anunciou nesta sexta-feira a Administração de Alfândegas, em um contexto de guerra comercial entre os dois países motivado pelo déficit de Washington com Pequim.

O gigante asiático registrou no mês passado um excedente comercial com os Estados Unidos de 28,970 bilhões de dólares, uma cifra claramente superior a de maio (24,580 bilhões).

O valor é um recorde no excedente comercial mensal que não era visto desde 1999, segundo a agência Bloomberg.

Os números de junho são os últimos publicados antes da entrada em vigor das tarifas de 25% que os dois países se impuseram mutuamente a partir de 6 de julho.

O presidente americano, Donald Trump, acusa a China de concorrência desleal e ameaça impor mais tarifas sobre a quase totalidade das exportações chinesas.

Nos seis primeiros meses do ano, as exportações chinesas com destino aos Estados Unidos cresceram 13,6%, enquanto as importações subiram 11,8%. O excedente comercial bilateral nos seis primeiros meses do ano foi de 133,8 bilhões de dólares, segundo Pequim.

rwm-bar/lr



Tags:

Recomendadas para você