Jornal do Brasil

Acervo

Classificada, seleção masculina perde para a Argentina na Liga das Nações

Jornal do Brasil

A seleção brasileira masculina de vôlei perdeu para a Argentina por 3 sets a 0 (23/25, 22/25 e 21/25) na noite de sábado, na Hisense Arena, em Melbourne, na Austrália, em seu último jogo da primeira fase da Liga das Nações.

O duelo, que aconteceu menos de 12 horas depois da vitória sobre a Polônia, serviu para a equipe do técnico Renan Dal Zotto cumprir tabela e fazer ajustes de olho na fase final. O Brasil já havia se classificado no início desta quinta semana, sem entrar em quadra, entre o triunfo sobre a Austrália e os poloneses.

A derrota, no entanto, mandou o time nacional para a quarta colocação, com 30 pontos, atrás dos Estados Unidos no saldo de sets. Os norte-americanos ainda têm um jogo a disputar neste sábado, contra a Itália, que ainda sonha com a classificação. O resultado definirá a posição final do Brasil na primeira fase e, com isso, definirá as chaves da etapa final.

Ao analisar a partida contra a Argentina, Renan justificou que os jogadores chegaram exaustos. "Chegamos tendo que optar por A ou B para tentar evitar lesões devido as viagens, cansaço e fuso horário que encaramos nesse tempo", destacou. "Mexemos bastante, o grupo que começou as partidas e isso foi válido no sentido de dar oportunidade a todos os atletas de participar dos jogos", complementou.

A seleção brasileira estreou na Liga das Nações em Kraljevo, na Sérvia, depois retornou ao Brasil para fazer a segunda etapa em Goiânia, viajou para Ufa, na Rússia, depois passou por Varna, na Bulgária, e encerrou a fase de classificação em Melbourne, na Austrália.

"Ainda esperamos ter muitos jogos pela frente pela fase final e estar lá era nosso primeiro objetivo na competição. Agora, vamos aguardar pela definição das chaves e enfrentar mais uma viagem longa agora na volta ao Brasil", concluiu Renan Dal Zotto.

A seleção segue ainda neste domingo para o Brasil, onde ficará na próxima semana. Os jogadores se apresentam quarta-feira ao Centro de Desenvolvimento de Voleibol (CDV), em Saquarema (RJ). No sábado, viajam para Lille, na França, onde será disputada a fase final da Liga das Nações, entre os dias 4 e 8 de julho.

O JOGO - O Brasil começou em quadra com Bruninho, Evandro, Éder, Isac, Douglas Souza e Lucas Lóh. De início, as equipes se alternaram na frente do marcador. Em um ace de Isac, a seleção nacional chegou a abrir 19/15. Mas os argentinos reagiram e retomaram a dianteira em boa passagem de Zanotti: 21/20. O Brasil chegou a empatar em 22/22, mas a Argentina venceu por 25/23.

A segunda parcial começou equilibrada e, no bloqueio de Bruninho, o Brasil fez 3/2.O jogo seguiu disputado ponto a ponto até 22 a 22. O adversário chegou a 24/22 e o treinador brasileiro parou o jogo de novo. Mas Argentina fechou em 25/22.

No terceiro, o time de Renan abriu boa diferença em 8/5. A Argentina encostou em 8/9 e, na sequência, deixou tudo igual em 10/10. Em grande passagem de Isac pelo saque, o Brasil abriu vantagem de 15/12. No bloqueio de Evandro, o Brasil marcou 19/18. A Argentina virou o set em 20/19. Isac deixou tudo igual: 20/20. Os argentinos voltaram a abrir vantagem em 23/20. No final, vitória argentina por 25/21.



Tags:

Recomendadas para você