Jornal do Brasil

Acervo

MEC quer ampliar programas de internacionalização em universidades

Jornal do Brasil

O Ministério da Educação (MEC) ressaltou, em nota, que deve ampliar o número de países e universidades participantes do Programa de Estudantes-Convênio de Graduação. Segundo a pasta, a existência de programas como o Idioma sem Fronteiras, que capacita alunos e professores em língua estrangeira, é outra estratégia para expandir a internacionalização.

Os dez países com mais estudantes encontrados no Brasil são Colômbia, Peru, Argentina, Angola, México, Alemanha, Espanha, Portugal, Bolívia e Chile.

Já a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), órgão vinculado ao MEC, aposta em um programa recém-lançado para a pós, o Print. A ação prevê "fomentar o desenvolvimento de planos estratégicos de internacionalização", além de incentivar redes internacionais integradas por instituições brasileiras.

O número de estrangeiros em instituições federais do Brasil representa menos de 1% da quantidade total de alunos nas universidades, revela levantamento feito pelo jornal O Estado de S. Paulo com base em questionários enviados às instituições por meio da Lei de Acesso à Informação.



Tags:

Recomendadas para você