Jornal do Brasil

Acervo

CBB anuncia fim em definitivo da suspensão da Fiba ao basquete do Brasil

Jornal do Brasil

A Confederação Brasileira de Basketball (CBB) anunciou nesta segunda-feira o fim em definitivo da suspensão da Federação Internacional de Basquete (Fiba) à modalidade do Brasil. Em nota oficial, o presidente da entidade, Guy Peixoto, celebrou o encerramento da sanção aplicada em outubro de 2016.

"É uma grande vitória. Desde que me candidatei à presidência da CBB, sabia que esse era o primeiro grande obstáculo a enfrentar. E graças a um árduo e constante trabalho de toda a minha equipe, posso entregar essa promessa que fiz na campanha e ter a certeza de que estamos no caminho certo para reerguer o basquete brasileiro", declarou.

Diante dos diversos problemas de administração do basquete brasileiro, a Fiba definiu a punição ao Brasil há pouco mais de um ano e meio. De lá para cá, a administração de Guy Peixoto assumiu a CBB com o objetivo de encerrar esta sanção, o que aconteceu somente nesta segunda.

No meio do ano passado, diante do progresso feito pela entidade nas questões apontadas pela Fiba como problemáticas, houve uma suspensão parcial da sanção, que permitiu, por exemplo, que o País entrasse na disputa das Eliminatórias das Américas para o Mundial de 2019, na China. Mas foi agora que a suspensão deixou de existir definitivamente.

"Mostramos à Fiba que seguimos firmes em nossas propostas e dentro de todas as conformidades. Só temos a comemorar o momento e renovar nossas forças para que a CBB seja um modelo de implementação das melhores práticas e uma confederação modelo para as Américas. Agora, é seguir em frente para fazer com que o basquete brasileiro reassuma sua posição de destaque nos cenários nacional e internacional", projetou Guy.

O fim da punição foi confirmado pela Fiba em comunicado. "O Comitê Executivo da Fiba anunciou sua decisão de encerrar permanentemente a suspensão da Confederação Brasileira de Basketball (CBB), reconhecendo os passos positivos dados pela nova administração da CBB. O Comitê Executivo também concordou que a Fiba prestasse assistência à CBB com relação às principais áreas de atividade, onde a melhoria e as conformidades são necessárias."



Tags:

Recomendadas para você