Jornal do Brasil

Acervo

Morre Jornalista Ruy Portilho

Jornal do Brasil

Morreu ontem, aos 74 anos, o jornalista e advogado Ruy Portilho, coordenador do Prêmio Esso de Jornalismo durante 23 anos. Ele tinha câncer de pulmão. O velório será hoje, entre 9h e 11h, na capela 3 do Memorial do Carmo. 

Ruy Portilho foi chefe de redação da sucursal do jornal “Folha da Tarde/O Estado de S. Paulo”, no Rio; diretor de comunicação e marketing das empresas do grupo Viamar (navegação, siderurgia, mineração e reflorestamento), e coordenador de comunicações da Esso Brasileira de Petróleo. Desde 1992, era diretor da RP Consultoria. 

Ruy Portilho teve participação decisiva no caso Riocentro, quando denunciou que os militares carregavam, no Puma, as bombas que explodiriam durante o show, na noite de 30 de abril, de 1981. 

Uma das bombas explodiu no carro, matando um militar e ferindo outro. Ele conseguiu desmentir a versão oficial do governo. 

Portilho era casado com Mônica, e deixou três filhos, André, Fernando e Maria, do seu primeiro casamento, com Nina. 



Tags:

Recomendadas para você