Jornal do Brasil

Acervo

Ata repete que aprovação de reformas é fundamental para sustentar inflação baixa

Jornal do Brasil

Os membros do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central voltaram a enfatizar, na ata de seu último encontro, divulgada nesta terça-feira, 22, "que a aprovação e implementação das reformas, notadamente as de natureza fiscal, e de ajustes na economia brasileira são fundamentais".

Esta ideia já constava na ata do encontro anterior do Copom e em outras comunicações da instituição. A visão é de que as reformas são fundamentais para "a sustentabilidade do ambiente com inflação baixa e estável, para o funcionamento pleno da política monetária e para a redução da taxa de juros estrutural da economia, com amplos benefícios para a sociedade".

Em outro trecho da ata, o BC reafirmou sua "preferência por explicitar condicionalidades sobre a evolução da política monetária, o que melhor transmite a racionalidade econômica que guia suas decisões". "Isso contribui para aumentar a transparência e melhorar a comunicação do Copom."

Produtividade

Os membros do Copom destacaram ainda, conforme a ata do encontro da semana passada, a importância de "outras iniciativas que visam aumento de produtividade, ganhos de eficiência, maior flexibilidade da economia e melhoria do ambiente de negócios".

Estas iniciativas, conforme o BC, são fundamentais para a retomada da atividade econômica e o desenvolvimento da economia.



Tags:

Recomendadas para você