Jornal do Brasil

Acervo

Protestos da oposição em Madagascar deixam um morto e 17 feridos

Jornal do Brasil

Uma pessoas morreu e 17 ficaram feridas em distúrbios neste sábado (21) em Madagascar entre as forças de segurança e milhares de manifestantes opositores contra a nova legislação eleitoral, antes de uma votação que acontecerá ainda neste ano.

O primeiro-ministro, Olivier Mahafaly Solonandrasana, disse em uma mensagem à emissora estatal que seu país enfrenta um "dia triste" com a perda de uma vida durante as manifestações.

"De acordo com o informe oficial, há um morto e 17 feridos", destacou o primeiro-ministro.

Mais cedo neste sábado, Olivat Alison Aimée Rakoto, chefe do hospital de Antananarivo, HRJA tinha dito que receberam 17 feridos, "um dos quais não resistiu aos ferimentos", disse à AFP.

Segundo manifestantes, a nova legislação eleitoral foi feita para beneficiar o atual presidente, Hery Rajaonarimampianina - no poder desde janeiro de 2014 -, de olho nas eleições presidenciais previstas para o fim deste ano.

No começo da semana passada, as autoridades declararam os protestos ilegais, mas os militantes da oposição desafiaram as forças de segurança e reuniram milhares de pessoas nas ruas da capital Antananarivo.

tm-sn/gh/age/ll



Tags:

Recomendadas para você