Jornal do Brasil

Acervo

Preço do petróleo sobe após reunião da Opep

Jornal do Brasil

O preço do petróleo subiu nesta sexta-feira (20), mais influenciado pelas declarações em uma reunião da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) que pelos comentários críticos de Donald Trump sobre os preços "artificialmente altos" da commodity.

O barril Brent do Mar do Norte para entrega em junho fechou a 74,06 dólares no Intercontinental Exchange de Londres (ICE), com alta de 28 centavos, um novo nível máximo desde o fim 2014.

No New York Mercantile Exchange (Nymex), o barril de "light sweet crude" (WTI) para entrega em maio subiu 9 centavos, a 68,38 dólares.

Em uma reunião na Arábia Saudita, os membros da Opep e seus dez sócios, inclusive Rússia, assentaram as bases para extensão além de 2018 do acordo de redução da produção de petróleo adotaram no fim de 2016 com o objetivo de aumentar os preços.

Os membros do acordo voltarão a se reunir em junho em Viena, um evento esperado por muitos atores do mercado.

O petróleo tinha sido influenciado negativamente no começo da sessão por um tuíte do presidente americano, Donald Trump, sobre o nível dos preços da commodity.

"Para que a Opep está tratando disso de novo", tuitou Trump. "Com quantidades recordes de petróleo em todas as partes, inclusive os barcos com carga máxima em alto mar, os preços do petróleo estão artificialmente muito altos! Não está certo e não serão aceitos!".

bur-alb/jum/gv/tm/ll



Tags:

Recomendadas para você