Jornal do Brasil

Acervo

Apesar da chuva, milhares fazem ato pelas mulheres no Rio

Jornal do Brasil

Milhares de pessoas participam de um ato em homenagem às mulheres ao redor da Igreja da Candelária, na região central do Rio de Janeiro, no fim da tarde quinta-feira, 8 de março, Dia Internacional da Mulher. Mesmo sob intensa chuva, os manifestantes fazem discursos e preparam uma caminhada rumo à Cinelândia. Até o início da noite, não havia estimativa do público participante da manifestação. 

Participam do ato diversas entidades estudantis e da sociedade civil, além de partidos políticos de esquerda. Embora os principais objetivos sejam defender a igualdade entre homens e mulheres e exigir leis que punam mais severamente a discriminação de gênero, os também manifestantes criticam o governo do presidente Michel Temer (MDB) e a reforma da Previdência.

"A gente briga, cobra igualdade, aí vem esse presidente e diz que mulher é bom pra controlar os preços do supermercado. Não pode, temos as mesmas capacidades e responsabilidades dos homens", reclamou a universitária Renata Nunes, de 22 anos, que cursa Arquitetura na Universidade Federal Fluminense (UFF).

Durante discurso há exatamente um ano, em 8 de março, Temer exaltava as mulheres quando afirmou que "ninguém mais é capaz de indicar os desajustes de preços no supermercado do que a mulher".

Fonte: Estadão conteúdo



Tags:

Recomendadas para você