Jornal do Brasil

Acervo

Israel aprova lei que permite reter indefinidamente corpos de palestinos

Jornal do Brasil

Os deputados israelenses aprovaram uma controversa lei que permite que a polícia retenha por tempo indeterminado os corpos de palestinos autores de atentados, informaram nesta quinta-feira (8).

Desde o início da onda de violência em outubro de 2015, as forças de segurança retiveram, em alguns casos durante meses, os corpos de palestinos acusados de terem cometido atentados.

Essa política gerou mais tensão, já que as famílias reclamam insistentemente a devolução dos cadáveres para realizarem o enterro.

Mas os setores israelenses que apoiam a retenção dos cadáveres sustentam que os funerais dos autores dos atentados geralmente derivam de atos anti-israelenses nos quais violência é glorificada.

A iniciativa legislativa foi aprovada por 48 votos a favor e 10 contra, indicou um comunicado do parlamento israelense.

Horas antes, os deputados aprovaram outro projeto controverso que permite retirar o status de residência permanente dos palestinos em Jerusalém Oriental desde que "envolvidos com atos terroristas".



Tags:

Recomendadas para você