Jornal do Brasil

Acervo

Bombardeios contra Ghuta Oriental mataram mais de 900 civis

Jornal do Brasil

Mais de 900 civis morreram em Ghuta Oriental desde o início, em 18 de fevereiro, de uma violenta ofensiva do governo sírio contra o reduto rebelde, que fica nas proximidades de Damasco, informou nesta quinta-feira a ONG Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

O balanço de vítimas fatais chegou 905 depois que os mais recentes bombardeios aéreos contra a cidade de Zamalka provocaram as mortes de sete civis, indicou o OSDH, organização com sede no Reino Unido e que dispõe de uma ampla rede de fontes no país.



Tags:

Recomendadas para você