Jornal do Brasil

Acervo

Ricciardo supera Ferrari e Mercedes e crava melhor tempo da pré-temporada da F-1

Jornal do Brasil

O australiano Daniel Ricciardo cravou nesta quarta-feira o melhor tempo da pré-temporada da Fórmula 1 até agora. O piloto da Red Bull quase rompeu a barreira do 1min18s neste segundo dia da segunda bateria de testes da categoria, nos arredores de Barcelona. Ele anotou o tempo de 1min18s047, com os pneus hipermacios, que são considerados os mais velozes à disposição dos pilotos. 

Ricciardo chegou a se destacar na primeira bateria de testes, na semana passada. Mas, nesta terça, na retomada das atividades, não chegou a surpreender. Isso aconteceu nesta quarta, tanto no período da manhã quanto à tarde, quando registrou o melhor tempo, após ter liderado a sessão anterior. 

Com o forte desempenho, o australiano quebrou o recorde não oficial do Circuito da Catalunha. Foi a volta mais rápida desde que o traçado foi reformado, em 2007. Ele também chamou a atenção pela grande demonstração de confiabilidade do modelo da Red Bull, que completou 165 voltas, a melhor marca do dia. 

A Mercedes, que havia sido superada pela Ferrari na terça, voltou a ficar em segundo lugar nesta quarta. O inglês Lewis Hamilton anotou o melhor tempo após Ricciardo, com 1min18s400. Seu companheiro de time, Valtteri Bottas, veio logo atrás, com 1min18s560. Os dois usaram pneus ultramacios, mais lentos que os hipermacios de Ricciardo. 

Assim como a Red Bull, a Mercedes mostrou consistência ao longo de toda a atividade desta quarta. Somando os giros dos seus dois pilotos na pista, a equipe completou 175 voltas. Bottas testou no período da tarde e chegou a contar com pneus médios. Hamilton pilotou pela manhã.

Piloto mais veloz da terça-feira, Sebastian Vettel foi apenas o quarto melhor desta quarta, em 66 voltas. O piloto da Ferrari anotou 1min19s541, mais rápido do que no dia anterior, mas com pneus mais velozes. Desta vez, ele usou os macios, bem mais lentos que os ultramacios e os hipermacios. 

A novidade na Ferrari foi a participação de Kimi Raikkonen. O finlandês sofreu um mal-estar pela manhã e só entrou na pista à tarde, no lugar de Vettel. Com apenas 47 voltas no traçado, o campeão mundial de 2007 não passou do nono lugar, com o tempo de 1min20s242.

Após um dia para esquecer, a McLaren se recuperou nesta quarta-feira, com Fernando Alonso no sexto posto. Mas o dia não só de alegrias para a equipe. Um vazamento de óleo causou uma falha no motor impediu que o bicampeão passasse das 57 voltas no circuito. Alonso anotou o tempo de 1min19s856.

A quinta melhor marca foi anotada pelo surpreendente Brendon Hartley. Ele registrou 1min19s823 com sua Toro Rosso, em 119 voltas. O Top 10 teve ainda o espanhol Carlos Sainz Jr., sétimo mais veloz do dia, com sua Renault marcando 1min20s042. O francês Romain Grosjean, da Haas, anotou o oitavo lugar, com 1min20s237, enquanto o canadense Lance Stroll, da Williams, foi o décimo colocado, com 1min20s349.

Fonte: Estadão conteúdo



Tags:

Recomendadas para você