Jornal do Brasil

Acervo

Expedição canadense transmitirá profundidades do oceano na internet

Jornal do Brasil

Uma expedição científica revelará aos usuários da internet do mundo todo os segredos das profundidades não exploradas do oceano Pacífico na costa da Colúmbia Britânica, disse nesta terça-feira (6) o governo canadense. 

Recifes com alta densidade de peixes, corais, esponjas e ofiuroides (animais próximos às estrelas-do-mar) estarão na mira desta expedição que será realizada entre 7 a 14 de março nos fiordes e estreitos da costa central da Colúmbia Britânica. 

Uma câmara submarina do Departamento de Pesca e Oceanos do Canadá, equipada com instrumentos de navegação, câmeras de alta resolução e projetores vai capturar imagens do leito marinho a mais de 200 metros de profundidade. 

Estas imagens serão transmitidas via satélite em tempo real aos cientistas a bordo de um navio de pesquisa da Guarda Costeira canadense, assim como aos usuários da Internet através do site "protectoceans.ca". 

A cineasta Alexandra Cousteau, neta do famoso explorador marinho francês Jacques-Yves Cousteau, realizará a narração e a apresentação dos bastidores dos vídeos da expedição, organizada pelo governo, indígenas da região e grupos de defesa dos oceanos. 

Com base nos conhecimentos tradicionais dos ameríndios locais e a experiência do Departamento de Pesca e Oceanos, a expedição concentrará sua atenção nos locais "onde quase não se produziu nenhuma exploração científica" até a data, segundo um comunicado. 

A expedição coletará dados para identificar áreas de alta importância ecológica para o planejamento marinho, como parte do compromisso do Canadá de proteger 10% de suas áreas oceânicas até 2020.



Tags:

Recomendadas para você