Jornal do Brasil

Acervo

Morre Folco Quilici, mestre do documentário italiano

Jornalista se especializou em reportagens sobre meio ambiente

Jornal do Brasil

Morreu neste sábado (24) Folco Quilici, um dos maiores documentaristas da Itália. Originário de Ferrara, ele havia 87 anos de idade e estava internado em um hospital de Orvieto há alguns dias. "Com Folco Quilici se vai uma das figuras mais importantes do jornalismo, do documentário e da cultura italiana", lamentou o ministro da Cultura e do Turismo da Itália, Dario Franceschini.

"Fará falta, mas seus valores permanecerão para sempre como guia para as jovens gerações", comentou.

Folco Quilici foi ativo na divulgação naturalista desde os anos 1950 e fez uma série de filmes dedicados à relação do homem com o mar, os quais foram apresentados em festivais internacionais, como o de Veneza e o de Berlim. Em 2006, foi considerado um da das pessoas mais influentes do mundo pela revista Forbes no tema ambiental e natural. 



Tags:

Recomendadas para você