Jornal do Brasil

Acervo

Agências bancárias fecham no Centro, em protesto contra reforma da Previdência

Jornal do Brasil

Bancários do Rio de Janeiro estão em estado de greve contra a Reforma da Previdência. No Dia Nacional de Lutas, nesta segunda-feira (19), agências bancárias do Centro ficaram fechadas. A mobilização tem o objetivo de deixar os bancos e prédios administrativos fechados até o meio-dia.

Para a presidenta do Sindicato dos Bancários Rio, Adriana Nalesso, os trabalhadores têm condições de barrar a reforma. “O governo ainda não tem os votos necessários. Por isso, inclusive, está usando a estratégia de desvio de atenção do tema com a intervenção militar no Rio de Janeiro. Nós temos condições de pressionar os congressistas em ano de eleição. Nossa categoria tem consciência disso e está mobilizada. No que depender dos bancários a Reforma da Previdência está enterrada”, avalia Adriana.

>> Protestos contra reforma da Previdência interditam Avenida Rio Branco, no Rio



Tags:

Recomendadas para você