Jornal do Brasil

Acervo

Sarafian perde estreia no UFC e torcida vaia decisão polêmica

Jornal do Brasil ALLAN FARINA

Enfim Daniel Sarafian fez sua estreia pelo UFC. Um dos destaques do reality show The Ultimate Fighter, o paulista ficou fora da final do programa por conta de lesão e precisou esperar quase dois anos para voltar ao octógono. Neste sábado, no UFC São Paulo, o brasileiro enfrentou o americano CB Dollaway, mas não teve o resultado que esperava: acabou superado por decisão dividida, fato que enfureceu a torcida presente no Ginásio do Ibirapuera.

A luta começou com muito estudo e trocação. Sarafian era quem conseguia os melhores golpes, como belo soco de esquerda que surpreendeu Dollaway. O americano, entretanto, foi capaz de acertar o brasileiro e fazê-lo sangrar. Como novo soco canhoto, o paulista derrubou o adversário, que tentou agarrar sua perna.

O apoio da torcida era pleno e o nome de Sarafian ecoava pelo ginásio. Nos instantes que restaram do assalto, o paulista dominou o centro do octógono e seguiu desferindo golpes contra o americano, ainda que sem o mesmo efeito.

O segundo round seguiu o ritmo da trocação rápida, com os lutadores dando pouco espaço para golpes. Com 2min de assalto, Sarafian investiu contra o adversário e conseguiu uma queda.

Pouco a pouco, porém, Dollaway começou a conseguir passar golpes duros no rosto do paulista. Faltando apenas dez segundo, o brasileiro cometeu erro e viu o americano dominá-lo desferindo golpes contra seu rosto. O gongo acabou por salvar o estreante.

O último assalto manteve a trocação, com Sarafian chegando a abrir a guarda para atrair o americano. Neste momento Dollaway conseguiu a queda e ficou por cima do lutador da casa. O chão se transformou no foco no duelo, com o paulista conseguindo escapar e tomar o domínio da disputa.

Com menos de um minuto para o final da luta, Sarafian agarrou o adversário e animou a torcida com a possibilidade de um estrangulamento, mas o americano soube se defender. No fim, a decisão dos jurados deu o triunfo ao americano por 29/28, 28/29 e 29/28. O lutador tentou dar entrevista ao final, mas foi impossível ouvi-lo por conta das vaias da torcida.

Confira os resultados finais das lutas do UFC São Paulo

Card principal

Peso médio: Vitor Belfort x Michael Bisping: Belfort, nocaute (chute com socos) no 2º round (1min27s)

Peso médio: Daniel Sarafian x CB Dollaway: Dollaway, decisão dividida

Peso pesado: Gabriel "Napão" Gonzaga x Ben Rothwell: Napão, finalização (guilhotina) no 2º round (1min01s)

Peso leve: Thiago Tavares x Khabib Nurmagomedov: Nurmagomedov, nocaute (upper com cotoveladas)) no 1º round (1min55s)

Card preliminar

Peso pena: Godofredo Pepey x Milton Vieira: Pepey, decisão dividida

Peso médio: Ronny Markes x Andrew Craig: Markes, decisão unânime

Peso pena: Diego Nunes x Nik Lentz: Lentz, decisão unânime

Peso leve: Edson Barboza x Lucas Martins: Barboza, nocaute (socos) no 1º round (2min38s)

Peso galo: Yuri "Marajó" Alcântara x Pedro Nobre: sem vencedor, no contest (Golpes na nuca)

Peso meio-pesado: Wagner "Caldeirão" Prado x Ildemar “Marajó”: Alcântara: Marajó, finalização (chave de joelho reta) no 2º round (2min39s)

Peso leve: Francisco "Massaranduba" Trinaldo x CJ Keith: Massaranduba, finalização (katagatame) no 2º round (1min50s)



Tags:

Recomendadas para você