Jornal do Brasil

Acervo

Em entrevista, Sonnen diz que Anderson Silva está "gordo e fora de forma"

Jornal do Brasil

O americano Chael Sonnen deu uma entrevista provocadora ao canal de TV por assinaturaSporTV, divulgada na noite deste sábado. E mesmo fazendo elogios às habilidades de Anderson Silva, seu rival no UFC 148 do próximo dia 7 de julho, Sonnen mais uma vez se disse superior ao brasileiro. "Ele é uma droga se comparado a mim", disse o americano, que prometeu vencer Silva na revanche entre os dois em junho. 

"Destruí Anderson na primeira luta. Ele luta pior agora, e eu melhorei. Ele está gordo e fora de forma. Estou forte e melhor."

Quando perguntado se as provocações seriam falta de respeito ao principal rival, Chael Sonnen despistou e fez críticas ao excesso de respeito da cultura brasileira. 

"O lance do respeito é bobagem. Não dou um passo no Brasil sem ouvir sobre isso. Não dizemos isso nos EUA, a não ser em referência aos idosos e aos nossos pais. Respeitamos os mais velhos, não os lutadores", afirmou, criticando a reverência ao brasileiro. "O cara luta em uma gaiola e recebe aplausos de um público bêbado. Se vocês aplaudem isso, precisam rever sua cultura. Não vou ensinar meu filho a aplaudir alguém que sai na mão", completou.

Perguntado sobre assuntos como estratégia, medo ou fraquezas do rival, Sonnen várias vezes devolveu a questão. "Sempre tento evitar esse tipo de pergunta, parece pergunta de criança em pátio da escola", disse, ao ser indagado sobre medo, por exemplo. "Acho cômico quando dizem: 'Fulano está com medo'. Não vejo o propósito disso. Qual é o propósito disso? São emoções humanas, não dá para controlar", explicou.

Apesar de adotar mais uma vez um discurso abusado, Sonnen chegou a dizer que não faz provocações e que só fala a verdade - por isso, não pede desculpas pelo que diz. Por isso, desdenhou mais uma vez da discussão sobre estratégias. "Esse papo de estratégias é ridículo. Foi inventado para dar emprego a comentaristas esportivos. Não é real. É uma briga em uma jaula em uma sábado a noite", disse, mais uma vez se pondo acima de seus rivais. "Busco a vitória. A diferença entre mim, o melhor, e os outros é muito pequena. Às vezes, venço por pouco. No fim das contas, seja por um ponto ou por cem, é uma vitória."



Tags:

Recomendadas para você