Jornal do Brasil

Acervo

Aquecimento global pode levar doenças tropicais à Europa

Jornal do Brasil

EFE

MÚRCIA (Espanha) - O aquecimento global fará com que doenças tropicais cheguem a regiões onde não são freqüentes na atualidade, como a Europa, previu hoje na Espanha o premiado cientista colombiano Manuel Elkin Patarroyo.

Patarroyo, que participou hoje de um evento sobre medicina tropical na província de Múrcia, sudeste espanhol, falou sobre o tema 'Vacina contra a malária: sonho ou realidade?. Avanços na pesquisa atual'.

O imunologista colombiano descobriu junto a sua equipe de pesquisadores, no Hospital San Juan de Dios da Universidade Nacional da Colômbia, em Bogotá, a vacina 'Sinthetyc Plasmodium Falciparum'

(SPf66).

Patarroyo falou sobre a implementação da Unidade de Medicina Tropical do hospital Virgen de la Arrixaca, de Múrcia, e disse que ela servirá para preparar as regiões onde as temperaturas têm aumentado devido à mudança climática para a 'inquestionável' chegada de doenças tropicais, como a malária.

O cientista negou que o aumento de casos de doenças tropicais em países desenvolvidos seja conseqüência da imigração ou das viagens às regiões onde essas enfermidades são freqüentes.

Patarroyo disse que está preparando uma nova vacina contra a malária que será apresentada no final de 2008 ou no começo de 2009, e acrescentou que esta terá uma capacidade de proteção superior a 95%, e será administrará em uma única dose injetável.

O cientista colombiano ganhou o Prêmio Príncipe de Astúrias de Pesquisa Científica em 1994.



Tags:

Recomendadas para você