Jornal do Brasil

Quarta-feira, 18 de Julho de 2018 Fundado em 1891
Hildegard Angel

Colunistas - Hildegard Angel

Conselho de Cultura da ACRJ reuniu-se com convidados para almoço da Confraria Amigos do Barão

Jornal do Brasil

O Conselho de Cultura da ACRJ reuniu-se com amigos convidados para almoço da Confraria Amigos do Barão organizado por Paulo Roberto Direito. 

Legenda abaixo

Nas fotos... As Tostes: Fátima e Vera... Paulo Roberto Direito entre Ruth Niskier e Sandra Naslausky... Reinaldo Paes de Carvalho e Christiana Beltrão... Vera de Paula e Lucy Barreto... Lygia Marina e Flavio Marinho

--------------

BORBULHANTES

“CADEIA É IGUAL a coração de mãe, sempre cabe mais um”. Solução singular proposta ontem pelo candidato Bolsonaro em coletiva no Ceará para resolver a questão da violência no Brasil. A cadeia stretch, que aumenta e alarga de acordo com o número de prisioneiros...  TAMBÉM DEFENDEU que o policial, ao atirar, não seja punido: “Temos que aprovar o excludente de licitude. É assim em alguns países no mundo todo, nos Estados Unidos, onde a violência está lá em baixo”...  NA VERDADE, os EUA têm anualmente mais de 30 mil mortes por armas de fogo; números que o colocam na liderança da violência entre as nações desenvolvidas”... E  FILOSOFOU: “Policial tem arma para atirar. E não para ficar de enfeite na cintura”... E QUE os coletes à prova de balas para a população passem a ser item da cesta básica num eventual governo Bolsonaro... MADUREIRA TERÁ amanhã uma Parada Gay para chamar de sua, com direito a David Brazil e Viviane Araújo como padrinhos... A NOVIDADE É UM estande montado pelo Detran para que transexuais e travestis possam fazer a inclusão do nome social escolhido na Carteira de Identidade. É só levar a identidade e a certidão de nascimento… O BRASIL é mesmo do babado. De um lado, tanto atraso. E, de outro, tamanha modernidade e evolução. É por isso, meus amores, que eu me ufano... QUEREM OUTRO exemplo bom? A Comissão de Cultura da Câmara aprovou o Projeto de Lei de Jandira Feghali que inscreve a doutora Nise da Silveira no livro de Heróis e Heroínas da Pátria... ELA DEDICOU a vida a revolucionar a psiquiatria em nosso país, e seu olhar moderno, amoroso, visionário também foi uma luz e guia para o tratamento em outros países... OPÔS-SE AOS tratamentos retrógrados de sua época, como o confinamento em hospitais psiquiátricos, eletrochoque, insulinoterapia e lobotomia... FUNDOU CLÍNICAS, foi pioneira e teve o merecido reconhecimento pelos esforços em sua área de atuação... FICO ORGULHOSA de saber que Nise será companhia de minha mãe no Panteão dos Heróis e Heroínas da Pátria brasileira...  POR FALAR em mães, tocante a manifestação no Centro da cidade. Olhares desolados, lágrimas sentidas, dor coletiva capaz de sensibilizar os mais empedernidos corações... À EXCEÇÃO, naturalmente, dos que assassinaram e continuam a matar os jovens nas favelas do Rio de Janeiro, seus filhos... JUNTAS, ELAS marcharam, choraram e, ao fim do ato, pediram por paz. Paz, tudo o que pedem e querem... QUANDO ERAM 16 horas, elas se encontraram na Cinelândia. Duas horas depois, já haviam passado pelo Tribunal de Justiça, onde houve ato de repúdio ao uso de helicópteros em operações policiais nas favelas... PEREGRINARAM SEU pranto, diante da Candelária, da Alerj, da Rio Branco, da Câmara dos Vereadores, e por fim retornaram ao ponto de partida. Como o seu próprio carma: viver sempre no ponto de partida... VESTIDAS DE branco, segurando cartazes e gritando palavras de ordem. E a multidão comovida foi se misturando a elas em sua caminhada... NESSES TRÊS primeiros meses de 2018, janeiro, fevereiro e março, o aumento de homicídios cometidos por policiais foi de 18,6%, segundo o Instituto de Segurança Pública... SÓ QUE POLÍCIA que mata também morre, e o número de policiais mortos este ano também subiu, chegando a 63 pessoas assassinadas... VAMOS MATAR menos para ser menos  mortos, este é o apelo da procissão chorosa da paz... TRATA-SE DO piano de cauda com mais quilometragem da noite carioca. Falo do piano do Eclipse, o point da madrugada, que há 20 anos se mantém dedilhado e afinado, funcionando desde a inauguração da casa aberta 24h... É LÁ QUE pontificam nomes da boemia, como Tony Garrido, Baby Consuelo, David Brazil (oi, querido, olha você de novo na coluna hoje)... AMANHÃ, A TURMA se reúne lá para assistir ao jogo do Brasil contra o México, com direito a feijoada completa, chopp e telão master, super, blaster. Quem não quer?... O VEREADOR Cláudio Castro, que não é mulher, mas é do Partido Socialista Cristão RJ, acha que pode legislar sobre o útero feminino, e resolveu liderar moção repudiando a ADPF 442, protocolada ano passado pelo PSOL no STF, pedindo para a Corte liberar o aborto até a 12ª semana de gestação... ESTE MÊS, a ministra Rosa Weber marcou para os dias 3 e 6 de agosto a audiência que tratará desse processo...

--------------------

Na foto: O regente, Jésus Figueiredo, a mestra Priscila Bonfim, a contralto Lara Cavalcanti, a soprano Mariana Lima o tenor Geilson Santos e o baixo Murilo Neves, na extrema direita

A bela Missa Solene, de Gioachino Rossini, terá récita única, a preço popular, R$ 10, no domingo, dia 8 de julho, no Theatro Municipal. Essa Pequena Missa Solene, última grande obra do compositor, é considerada uma espécie de testamento espiritual, como se ele tivesse pressentido a proximidade da morte. Ela foi composta para o coro, com intervenção de um quarteto solista, e o autor compôs uma ária para cada solista, sem prever orquestra na sua versão original em formato camerístico, apenas piano e órgão, como será apresentada no Municipal. É o projeto de popularização da música clássica de Fernando Bicudo. 

---------------------

DE VOLTA da EuropaMyrian Dauelsberg, a produtora cultural do erudito, continua a “remar contra a maré”, e anuncia o 18º Festival de Inverno de Petrópolis, com abertura dia 6, 20h, com Concerto de Abertura pela Orquestra Sinfônica Cesgranrio, sob regência do maestro Eder Paolozzi, participação dos Canarinhos de Petrópolis e órgão do Lischt, na Catedral São Pedro de Alcântara, entrada franca.

--------------------

Com João Francisco Werneck



Tags: bolsonaro, caderno b, cultura, hildegard, psol, stf

Compartilhe: