Jornal do Brasil

Quarta-feira, 25 de Abril de 2018 Fundado em 1891

Heloisa Tolipan

www.heloisatolipan.com.br

Seis novelas em quatro anos: Julia Dalavia entra em "O outro lado do paraíso"

Aos 19 anos, a atriz é uma das mais queridas das produções globais e garante: "Nem penso em parar"

Desde 2014, Julia Dalavia não ficou um ano sem aparecer nas novelas ou séries da Globo. Com apenas 19 anos de idade, a atriz já conseguiu personagens enigmáticos em sua passagem pelas tramas Em Família, Boogie Oogie, Velho Chico, Justiça e Os Dias Eram Assim. Em O Outro Lado do Paraíso, a sinopse de seu personagem, novamente, é intensa. O drama de sua Adriana é ter sido afastada da mãe, interpretada por Gloria Pires, ainda muito jovem. “Ainda não sei muita coisa sobre a personagem. Ela é uma advogada mais velha do que eu. Acredita que a mãe tenha morrido, porque se separou dela ainda muito novinha. Cresce sendo criada pela madrasta e o pai, depois haverá o reencontro com a mãe, vivida pela Gloria. O drama começa com a descoberta que a mãe não está morta. Não sei muito o que esperar, mas tomara que seja bom”, contou Julia.

Julia Dalavia

A personagem de Gloria Pires foi obrigada a se afastar da família depois de cair em uma armação do sogro. Mesmo com a distância, a atriz acredita que o laço será reconstruído. “Mãe é única, então, acredito que se ela for uma boa pessoa não existe motivo para se afastar. Elas eram muito apegadas e não vejo o porquê não restabelecer a conexão”, defendeu a atriz.

Na primeira fase da novela, o seu papel foi vivido pela atriz mirim Lara Cariello. Esta troca de atrizes acontece devido a mudança na trama da novela que avançou dez anos no futuro. “Já comecei em novelas na primeira e na segunda fase. Quando se entra depois existe um medo por ver os seus colegas atuando há mais tempo. Por isso é preciso dar uma corrida com a personagem para manter uma linha harmônica com quem atua desde o início. Mas, ao mesmo tempo, conseguimos estudar mais o personagem e aprender mais sobre ele, além de acompanhar os outros”, elencou. A atriz, por coincidência, entrou na segunda fase de seus dois últimos trabalhos: Justiça e Os Dias Eram Assim.

Para fazer a jovem advogada, a atriz resolveu mudar o penteado do cabelo para dar uma nova cara ao papel, algo que tenta fazer sempre. Dessa fez, ganhou um corte bem curtinho e minimalista. “Acredito ser sempre bom mudar alguma coisa quando chega um novo personagem, principalmente, devido a este impacto de começar uma coisa logo após o fim de outra. É uma troca de energia muito grande, por isso acho importante mudar para me acostumar. Ao ver outra imagem no espelho consigo associá-la a outro papel”, comentou. Julia está adorando o novo corte devido à praticidade. O único desafio destas mudanças constantes é tentar se reencontrar em imagens sempre muito diferentes. “Tenho que aprender a me reconhecer dentro deste corpo, mas é óbvio que acaba sendo mais o rosto do personagem que o da Julia. Consigo viver tranquilamente com isto”, garantiu.

Julia em "Velho Chico" e em "Justiça"

Até o momento, o trabalho mais complicado que teve devido à questão da mudança de visual foi a Fernanda de Os Dias Eram Assim. Nesta personagem, ela precisou ser mais restrita quanto a vida que levava fora do set de gravações. “Estava em uma dieta rigorosa, então precisei me privar de almoço fora de casa e coisas parecidas. Foi mais difícil por meu papel ser fisicamente dependente do meu corpo. Fora isso, as novelas não deixam de ser um trabalho que te deixa muito esgotado, mas também não é um cativeiro. Dá para viver normalmente. Existem semanas que gravamos direto e outras que ficamos em casa”, exemplificou.

Mesmo participando de seis novelas nos últimos quatro anos, a atriz não se incomoda com o grande nível de estresse e dedicação que emendar várias tramas acaba exigindo. “Quero trabalhar muito agora e não consigo pensar em parar. Sou nova e, por isso, tenho muito gás para fazer o que amo. Fico feliz que este seja um momento ideal para isto”, comentou. Julia Dalavia tem apenas 19 anos e seus papéis são sempre muito fortes e dramáticos. Ela conseguiu a aprovação da crítica e do público em várias tramas. “Tudo o que faço é com muita dedicação. Amo o que faço e estou muito grata e feliz por poder exercer esta função de atriz. Coloco toda a minha energia e foco no que faço”, contou o que acredita ser a receita para o sucesso que acumula.

Julia dividiu com Bruna Marquezine o papel de Helena na novela "Em Família", sua estreia na TV

A atriz comentou que fazer parte do elenco de O Outro Lado do Paraíso é uma honra devido ao número de feras do folhetim nacional que encabeçam o time. “O elenco é maravilhoso, estamos cheios de gente fera. Sei que aprenderei muito, será uma escola contracenar com Gloria Pires e ter Laura Cardoso e Fernanda Montenegro no elenco. Sempre fico nervosa ao lembrar que estou ao lado deste time, a pressão baixa”, brincou. 

Apesar dos trabalhos intensos, Julia não consegue definir alguma novela como um divisor de águas. Para ela cada trabalho teve a sua importância e acabam sendo tão simbólicos quanto os antigos. “Achei isto com Velho Chico, Justiça e Os Dias Eram Assim e continuarei acreditando nesta ideia. Cada papel é uma construção de degrau por degrau. O meu presente de Natal veio adiantado este ano, porque o meu trabalho já está sendo a melhor coisa que eu poderia ganhar. Não preciso de mais nada”, garantiu.



Tags: atriz, boogie oogie, bruna marquezine, dedicação, degrau, elenco, em família, fase, fernanda montenegro, função, históri, julia dalavia, justiça, karina kuperman, laura cardoso, o outro lado do paraíso, os dias eram assim, papel, tramas, velho chico

Compartilhe: