Jornal do Brasil

Quinta-feira, 23 de Novembro de 2017

Heloisa Tolipan

www.heloisatolipan.com.br

Nathalia Dill lamenta censura na arte: "As pessoas estão confundindo. Época de trevas"

A atriz, que será a protagonista da próxima trama das 18h, emenda trabalhos na telinha

A nova novela das 6, "Tempo de Amar", começou em setembro, mas a Globo já está se preparando para as novidades do ano que vem e isto inclui a próxima produção deste horário da grade. A nova montagem já possui até mesmo protagonista definida: Nathalia Dill. “É uma loucura, o tempo está passando muito rápido. Quando uma novela estreia a outra já precisa estar com os capítulos prontos. Principalmente agora que a Globo lança a novela com quase vinte episódios de frente”, explicou a atriz. Escrita por Marcos Bernstein, a nova novela das 6 fala sobre uma mãe que sonha em casar suas cinco filhas e a trama se passará na fictícia cidade paulista, Vale do Café. “As gravações da novela iam começar em janeiro, mas a produção da Globo acabou se adiantando e preferiram iniciar em dezembro. A estreia será em março e, por issso, ainda estão sendo feitos alguns acertos sobre o elenco e o roteiro”, explicou a atriz.

Nathalia Dill
Nathalia Dill

A trama recebeu o nome "Orgulho e Paixão" por ter sido inspirada no romance de Jane Austen, "Orgulho e Preconceito". “A minha personagem será a Elizabeth e a trama é baseada no enredo da Jane Austen. Esta história é muito bonita, eu adoro. Cheguei a assistir a um filme sobre a obra dela, Desejo e Reparação. No entanto, o livro de Orgulho e Preconceito está na cabeceira da minha cama para ler”, avisou Nathalia Dill. O roteiro ainda está sendo escrito e aperfeiçoado. Segundo a colunista Patrícia Kogut, o diretor artístico será Fred Mayrink e não haverá viagens para o exterior por causa das gravações.

Nathalia Dill não teve muito tempo para pensar no início das gravações da novela. Nos últimos meses deste ano, a agenda da atriz consiste em emendar três trabalhos. O primeiro deles foram as filmagens do filme "Incompatível", uma comédia romântica do mesmo diretor de "Legalize Já", Johnny Araújo. “Acabei de rodar o filme em São Paulo. É uma comédia romântica que fala um pouco sobre o universo da internet e a minha personagem é uma digital influencer. Acho importante trazer mais um longa-metragem sobre este assunto para o mercado nacional. O meu par romântico é o Gabriel Louchard, o que foi muito importante, visto que ele possui uma veia artística cômica muito interessante”, relembrou a atriz. Em cena, ela fará a Patrícia, uma mulher que decide terminar seu relacionamento às vésperas do casamento. A ideia veio do livro fictício Encontrando O Par Perfeito: Teste De Compatibilidade, de uma psicóloga.

Atuante no campo da arte e acostumada a se expressar nas redes sociais, Nathalia Dill lamentou as críticas contras as artes plásticas que culminaram na ausência da exposição artística no Museu de Arte Moderna. “Estamos vivendo uma calamidade, uma época de trevas. As pessoas estão confundindo as coisas, falta mais educação. O público não tem consciência do que está acontecendo e os últimos episódios políticos têm sido muito graves. É uma época de censura, é retroceder quase um século quase. Muito triste”, criticou.

Tags: 18h, arte, brasileiro, calamidade, característica, censura, comédia, fred mayrink, humor, jane austen, karina kuperman, leve, mam, marcos bernstein, moderna, museu, nathalia dill, novela, orgulho e paixão, orgulho e preconceito, protagonista, trama

Compartilhe: