Jornal do Brasil

Quinta-feira, 23 de Novembro de 2017

Heloisa Tolipan

www.heloisatolipan.com.br

Lucy Ramos sofre ofensas racistas na internet: "Não vai sair impune"

A atriz, que interpretou Leila em "A força do querer", revelou que deu queixa na polícia

Lucy Ramos registrou uma queixa por ofensas racistas na Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática nesse sábado, no Rio de Janeiro, e divulgou em suas redes sociais. Ela, que foi agredida com comentários preconceituosos, fez questão de expôr o assunto: "Estou indo atrás dos meus direitos e essa pessoa não vai sair impune”, disse. A atriz, que viveu Leila em "A força do querer", mostrou sua indignação: "Como pode uma pessoa criar uma conta no Instagram, única e exclusivamente para ofender outras pessoas! Porque com certeza eu não fui a única. A covardia é tanta que nem mostrar o rosto teve coragem. Mas eu me amo, me aceito, me respeito, sei quem sou, para o que luto e vivo. E digo claramente que nada disso me atingiu", afirmou.

Lucy Ramos
Lucy Ramos

A atriz contou, ainda, que ficou na dúvida se deveria falar sobre o assunto. "Pensei muito se deveria ou não postar essas ofensas, mas fiz questão de postar para dizer que não podemos deixar esse tipo de pessoa sair ofendendo outras, se escondendo por trás da internet e achando que nada vai lhe acontecer. Estou indo atrás dos meus direitos e essa pessoa não vai sair impune", disse ela, que recebeu o carinho dos fãs: "Racismo não é inveja, é crime de ódio" e "você é porta-voz daqueles que se calam" foram alguns dos comentários. "Estou ótima, viu! Mais do que antes. Gratidão por todo carinho”, escreveu.

Quando identificado, o agressor pode responder por injúria por preconceito, que é injúria qualificada, e pelo crime de racismo - com pena de reclusão de 1 a 4 anos.

Tags: a força do querer, aceito, agressor, amo, coragem, crime, gloria perez, karina kuperman, leila, lucy ramos, novela, pena, preconceito, racismo, reclusão

Compartilhe: