Jornal do Brasil

Terça-feira, 28 de Março de 2017

Heloisa Tolipan

www.heloisatolipan.com.br

Confusão no Teatro das Artes entre peça de Alexandre Nero e musical; entenda!

Vazamento de som gerou conflito entre produções no Shopping da Gávea

Na noite do último sábado, mais de 100 pessoas foram impedidas de ver a apresentação de "Renato Russo, O Musical", no Teatro das Artes, no Shopping da Gávea. Revoltado, o público ameaçou invadir o teatro, provocando tumulto nos corredores do shopping.

O motivo da confusão foi o vazamento do som do musical sobre o roqueiro para o espaço onde é encenada outra peça, "O Grande Sucesso", protagonizada por Alexandre Nero. O ator ficou incomodado com o alto volume do som e com as reclamações do seu público.

Nero chegou a ameaçar cancelar a temporada. 

Na tentativa de amenizar a confusão, o Teatro das Artes decidiu cancelar as apresentações do musical sobre Renato Russo, porém não avisou a produção. 

Renato Russo - O Musical
Renato Russo - O Musical

“Não recebemos sequer um telefonema. Estamos muito abalados e nos sentindo desrespeitados. O teatro parou de vender as entradas alegando um problema técnico, o que não é verdade. Não temos patrocínio e dependemos inteiramente da bilheteria para sustentar os gastos de produção, que são altíssimos”, explicou Bianca de Felippes, produtora do musical, à Veja Rio.

Depois de saber sobre o cancelamento das vendas de ingressos, Bruce Gomlevsky, o intérprete de Renato Russo no musical, foi para a porta do teatro conversar com o público que chegava. “O desrespeito não é apenas com os artistas, mas com as pessoas que vão ao teatro. Tinha uma família de dez pessoas que veio de Brasília para o Rio especialmente para ver a peça. Nunca passei por nada parecido. Um dos maiores sucessos do teatro brasileiro não pode ser tratado dessa forma”, desabafou o ator.

A produção do musical entrou com pedido de liminar na justiça com intenção de realizar a sessão e conseguiu. Porém, uma hora antes da apresentação a direção do teatro, diante de uma brecha na lei, disse que só aceitaria  se a liminar fosse entregue por um  oficial de justiça.

José Hernani Campelo, proprietário do Teatro Clara Nunes, disse que o problema está no uso de equipamentos alugados pela produção, que não atende as estruturas oferecidas pelo teatro. “Falta bom senso. Aquilo é um condomínio e existem regras a serem seguidas. Fica parecendo até que eles estão cavando mídia gratuita com esse problema, procurando aumentar a polêmica para se promover”, disse.

O musical, agora, se prepara para uma apresentação especial no dia 27, em comemoração ao aniversário de Renato Russo. Por causa da liminar, as vendas já foram retomadas, mesmo assim o problema do som ainda não foi resolvido e só será quando as produções entrarem em acordo de horários para as apresentações.

Por fim, segundo Priscila Prade, produtora de "O Grande Sucesso", as duas produções já trabalham juntas em busca de uma solução.

 

Tags: alexandre nero, musical, o grande sucesso, Produção, renato russo, Rio, shopping da gávea, teatro, teatro das artes

Compartilhe: