Jornal do Brasil

Sexta-feira, 20 de Abril de 2018 Fundado em 1891

Fotos e Vídeos

Gilmar Mendes diz que há corrupção no Ministério Público Federal

Leia +

O ministro Gilmar Mendes aproveitou seu voto para reiterar suas críticas ao uso e duração das prisões cautelares no Brasil, e ao que ele chamou de cultura de "restrição ao habeas corpus".

Gilmar, que reiteradamente faz críticas à Operação Lava Jato, disse que a Corte julgou o caso do mensalão "sem decretar prisões preventivas", e que "nem por isso a justiça se fez inefetiva", continuou o ministro, chamando a investigação em torno do mensalão de importante marco no combate à corrupção.

Gilmar Mendes também disse, durante o julgamento, que não "se pode usar prisão provisória para obter delação premiada". "Isso é tortura em qualquer lugar do mundo", comentou Gilmar.

Compartilhe:

Fotos e Vídeos