Jornal do Brasil

Terça-feira, 17 de Julho de 2018 Fundado em 1891

Esportes

Kevin Anderson avança à final de Wimbledon após mais de 6 horas e meia de jogo

Jornal do Brasil

O sul-africano Kevin Anderson se classificou para a final de Wimbledon, sua segunda decisão de Grand Slam na carreira, depois de derrotar nesta sexta-feira o americano John Isner em duelo de mais de seis horas e meia de duração.

Anderson superou Isner por três sets a dois no segundo jogo mais longo da história do torneio, parciais 7-6 (8/6), 6-7 (5/7), 6-7 (9/11), 6-4 e 26-24. O sul-africano espera o vencedor do duelo entre o espanhol Rafael Nadal e o sérvio Novak Djokovic.

O relógio marcava 6 horas e 35 minutos quando o 8º melhor jogador do ranking ATP conseguiu vencer a resistência do americano (10º).

O antigo segundo jogo mais longo tinha durado 6 horas e 9 minutos, disputadas em dois dias. Foi em 2006, no duelo de duplas masculinas entre Mark Knowles, das Bahamas, e o canadense Daniel Nestor, que superaram o sueco Simon Aspelin e o australiano Todd Perry por 23-21 no quinto set.

Isner sabe lidar com jogos longos, tornando-se o recordista tanto no torneio de Wimbledon quanto na história do esporte, em 2010. Foram 11 horas e cinco minutos disputadas em três dias, vencendo o francês Nicolas Mahut por 3 sets a 2, com parciais de 6/4, 3/6, 6/7 (9-7), 7/6 (7-3) e impressionantes 70/68 no quinto set.

-- Resultados dos jogos de sexta-feira em Wimbledon:

- Simples masculino (semifinal):

Kevin Anderson (RSA/N.8) x John Isner (USA/N.9) 7-6 (8/6), 6-7 (5/7), 6-7 (9/11), 6-4, 26-24

ll/iga/fa

Agência AFP


Compartilhe: