Jornal do Brasil

Sexta-feira, 22 de Junho de 2018 Fundado em 1891

Esportes

Pirlo é ovacionado em despedida oficial dos gramados

Jornal do Brasil

O ex-jogador italiano Andrea Pirlo foi ovacionado por quase 50 mil pessoas nesta segunda-feira (21), no San Siro, em Milão, na partida beneficente que marcou sua despedida oficial dos gramados.

O ex-meia de 39 anos reuniu ex-companheiros de equipe e amigos para a "Noite do Maestro". A estrelada lista de convidados incluiu nomes como Totti, Del Piero, Vieri, Cassano, Tévez, Shevchenko, Buffon, Leonardo, Inzaghi, Nesta, Maldini, Zanetti, Lampard, Seedorf, entre outros.

Ronaldo, ex-companheiro de Pirlo na Inter e no Milan, também marcou presença, mas só para assistir. "Com esses joelhos não posso jogar", brincou. O ex-craque italiano permaneceu em campo até os minutos finais da partida - que terminou em 7 a 7 -, quando foi substituído pelo filho Nicolò, 15 anos e com o estilo inconfundível do pai.

"Agradeço a meus amigos e a todas as pessoas que vieram ao estádio para curtir uma noite fantástica de espetáculo, esporte e caridade", declarou Pirlo, que estuda a possibilidade de se tornar treinador, mas também é cotado para ajudar Roberto Mancini na seleção italiana.

Dono de um futebol cerebral e elegante, com movimentos e passes precisos, Pirlo foi, de certa forma, um craque tardio. Após rodar por Brescia, Inter de Milão e Reggina, encontrou o sucesso no Milan, como um meio-campista recuado, e ganhou tudo o que poderia com a camisa rossonera: Liga dos Campeões (2), Mundial de Clubes, Supercopa da Uefa, Série A (2), Copa da Itália e Supercopa Italiana.

Depois de 10 anos e já começando a ver uma certa perda de prestígio no Milan, se transferiu para a Juventus, onde enfileirou quatro "scudetti", além de uma Copa da Itália e uma Supercopa Italiana. No fim da carreira, defendeu o New York City. Outro ponto alto da trajetória de Pirlo foi o título mundial com a Azzurra, em 2006.



Tags: inter, itália, milan, milão, pirlo

Compartilhe: