Jornal do Brasil

Sexta-feira, 22 de Junho de 2018 Fundado em 1891

Esportes

Inter vence Chapecoense e encerra jejum de quatro jogos sem marcar no Brasileiro

Jornal do Brasil

O Internacional derrotou a Chapecoense por 3 a 0 nesta segunda-feira, no estádio do Beira-Rio, e conseguiu encerrar o jejum de gols no Campeonato Brasileiro. O time colorado vinha há quatro jogos na competição sem balançar as redes.

A vitória, com direito a boa atuação, fez o time colorado subir seis posições na tabela. Ao término da sexta rodada, a equipe aparece em décimo lugar, com oito pontos. A Chapecoense está em 16º lugar, com seis, a um de distância da zona de rebaixamento.

Lucca, que substituiu de última hora o meia D'Alessandro, abriu o marcador. Foi o primeiro gol do jogador com a camisa do Inter. O meia argentino foi vetado da partida no vestiário por conta de um entorse no tornozelo esquerdo. O segundo gol foi do zagueiro Rodrigo Moledo, de cabeça e em posição de impedimento. Patrick fechou a conta a sete minutos do final.

O Internacional agora volta a campo no domingo, quando receberá o Corinthians, no estádio do Beira-Rio, pela sétima rodada. A Chapecoense joga um dia antes, contra o Fluminense, no Maracanã.

O JOGO - O time anfitrião ditou o ritmo da partida e quase abriu o marcador aos 10. Iago cabeceou para o chão e Jandrei pulou no canto esquerdo para espalmar. Na sobra, Damião quase mandou para as redes.

Damião se movimentava bastante e deu assistência para Patrick isolar por cima do gol logo em seguida. A Chapecoense aproveitou um contra-ataque para assustar. Aos 21, Arthur arriscou de fora da área e acertou a trave de Danilo Fernandes.

Mas o Inter era muito superior. Aos 39, Damião salvou de bicicleta uma invertida de bola no lado esquerdo e recolocou a bola na área. Edenílson rolou para trás e Lucca bateu colocado no canto esquerdo de Jandrei para abrir o placar.

No segundo tempo, o time colorado seguiu melhor e conseguiu ampliar aos 18. Lucca cobrou falta da esquerda na área e Rodrigo Moledo, em posição de impedimento, cabeceou para as redes. Com os 2 a 0 no marcador, a Chapecoense esboçou uma pressão. O time visitante, no entanto, abusava dos passes errados.

O Internacional recuou após ampliar a vantagem, mas também não deixava o adversário jogar. Sem forçar, o time colorado chegou ao terceiro gol. Em boa jogada pela direita, Zeca cruzou na área e Patrick deu um leve toque de cabeça sobre o goleiro Jandrei: 3 a 0.

FICHA TÉCNICA:

INTERNACIONAL 3 x 0 CHAPECOENSE

INTERNACIONAL - Danilo Fernandes; Zeca, Rodrigo Moledo, Victor Cuesta e Iago; Rodrigo Dourado, Edenílson (Juan Alano), William Pottker (Rossi), Lucca e Patrick; Leandrão Damião (Nico López). Técnico: Odair Hellmann.

CHAPECOENSE - Jandrei; Apodi, Luiz Otávio, Douglas e Bruno Pacheco; Amaral, Márcio Araújo e Canteros (Nenén); Guilherme (Bruno Silva), Wellington Paulista e Arthur (Leandro Pereira). Técnico: Gilson Kleina.

GOL - Lucca, aos 39 minutos do primeiro tempo; Rodrigo Moledo, aos 14, e Patrick, 38 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Flávio Rodrigues de Sousa (SP).

CARTÕES AMARELOS - Victor Cuesta (Internacional); Bruno Pacheco (Chapecoense).

PÚBLICO - 15.333 pagantes (17.740 no total).

RENDA - R$ 480.225,00.

LOCAL - Estádio do Beira-Rio, em Porto Alegre (RS).



Compartilhe: