Jornal do Brasil

Domingo, 24 de Junho de 2018 Fundado em 1891

Esportes

Cavaliers atropela o Celtics e vence a primeira na decisão do Leste da NBA

Jornal do Brasil

Depois de duas derrotas arrasadoras nos primeiros jogos da série, o Cleveland Cavaliers precisava dar uma resposta à sua torcida no terceiro duelo da decisão da Conferência Leste da NBA. E foi isso que a equipe fez na noite de sábado, ao atropelar o Boston Celtics por 116 a 86, diminuindo a vantagem do adversário na série melhor de sete para 2 a 1 e mantendo viva a esperança de voltar à final da liga.

Foi a maior vitória da série até o momento. Nos outros confrontos, o Celtics, em casa, havia vencido por 108 a 83 e 107 a 94, respectivamente. Mas na primeira partida em Cleveland, a jovem equipe de Boston em nenhum momento ameaçou o domínio de LeBron James e cia.

"O jogo precisa ser jogado. Eles venceram os dois jogos na quadra deles, e nós sabíamos que eles estavam jogando bem em casa durante os playoffs. Mas isto não nos desencorajou. Então, aquele 2 a 0 não significava nada", declarou o técnico do time de Cleveland, Tyronn Lue.

O Cavaliers entrou com uma postura diferente em quadra desde o primeiro minuto. Se em Boston foi envolvido pela ótima marcação da equipe adversária e rápida troca de passes, em casa soube fazer os ajustes certos para surpreender o Celtics desde o primeiro minuto.

Também ao contrário dos primeiros jogos, LeBron teve a ajuda de seus companheiros para dar ao Cavaliers o primeiro triunfo. O armador George Hill apareceu no primeiro período para marcar 11 pontos apenas nos 12 minutos iniciais. E já neste período, os donos da casa venceram por 32 a 17 para encaminhar o triunfo.

Em nenhum momento o Celtics se encontrou em quadra, e a vantagem do Cavaliers foi apenas aumentando. Os visitantes sentiram a atuação ruim de seu principal cestinha na série, Jaylen Brown, que logo acumulou faltas e precisou passar boa parte do jogo no banco de reservas.

Para não dar qualquer chance de reação ao Celtics, o Cavaliers não tirou o pé do acelerador no segundo tempo. Pelo contrário, manteve a marcação forte, o rápido jogo de transição e foi ampliando a diferença, que chegou a 30 pontos no período final, quando a vitória já estava mais do que garantida.

LeBron terminou como cestinha do Cavaliers, com 27 pontos, além de 12 assistências, e contou com o auxílio de Kevin Love (13 pontos e 14 rebotes), Kyle Korver (14 pontos), George Hill (13), J.R. Smith (11) e Tristan Thompson (10). Após a partida, o astro celebrou a atuação de seus companheiros.

"Eu preciso inspirar meus companheiros a jogarem melhor. Eles responderam ao chamado esta noite e vão precisar responder mais uma vez na segunda-feira", comentou, já projetando o quarto jogo da série. "Eles trouxeram o problema para nós. Eles foram superiores", reconheceu o técnico do Celtics, Brad Stevens.

O time de Boston teve como cestinha o novato Jayson Tatum, autor de 18 pontos. Terry Rozier terminou com 13 pontos, enquanto Jaylen Brown e Greg Monroe marcaram 10 cada um.

O Celtics nunca foi derrotado em uma série de playoffs após abrir 2 a 0, e é em busca desta façanha que o Cavaliers recebe novamente o adversário segunda-feira. Antes, porém, a NBA terá neste domingo o terceiro jogo da final do Oeste, entre Golden State Warriors e Houston Rockets, em Oakland. O confronto está empatado em 1 a 1.



Compartilhe: