Jornal do Brasil

Sexta-feira, 17 de Agosto de 2018 Fundado em 1891

Esportes

Jadson marca três, Corinthians goleia e garante a classificação na Libertadores

Jornal do Brasil

Em uma das partidas mais tranquilas do Corinthians na temporada, o time do técnico Fábio Carille goleou o Deportivo Lara por 7 a 2, em Cabudare, na Venezuela, pela quinta rodada do Grupo G, e com 10 pontos garantiu a classificação antecipada às oitavas de final da Copa Libertadores. O destaque da partida foi o meia Jadson, autor de três gols. O paraguaio Romero ainda fez um golaço de voleio.

Antes do jogo, Fábio Carille e seus comandados tinham a preocupação com a condição do gramado e a possível pressão da torcida. Mas o temor deu lugar à tranquilidade logo nos primeiros minutos de partida. A disparidade técnica entre as equipes era algo gritante. O Corinthians sobrava e tocava a bola sem dificuldades, diante de um adversário perdido e que parecia não saber como evitar a ofensividade do adversário.

Assim, o Corinthians abriu o placar logo aos 10 minutos. Pedrinho partiu em velocidade e passou para Jadson dominar, cortar a marcação e de dentro da área bater sem chances para o goleiro. A bola ainda bateu na trave antes de morrer no fundo do gol.

Mantendo o ritmo de treino, não demorou para os brasileiros ampliarem a vantagem. Aos 27 minutos, Rodriguinho foi derrubado dentro da área por Anzola. Logo depois do árbitro marcar o pênalti, um torcedor arremessou um objeto no gramado - parecia ser uma garrafa de vidro - e os estilhaços acertaram o goleiro Curiel, do Deportivo Lara. Após quatro minutos de paralisação, a partida foi reiniciada, Jadson bateu com categoria e marcou o seu segundo gol na partida.

Dos seis gols marcados pelo Corinthians na Libertadores até aquele momento, quatro foram de Jadson. Parecia que seria uma vitória fácil e com possibilidade de goleada, mas o placar fez o time de Fábio Carille relaxar e pagar caro por isso. O Deportivo Lara saiu do campo de defesa e resolveu se aventurar na área de Cássio. Relaxado, o clube brasileiro só olhava e parecia não acreditar que o adversário pudesse fazer algo que o ameaçasse. Até que Reyes recebeu pela direita e acertou um forte chute, surpreendendo o goleiro corintiano.

No segundo tempo, o ritmo da partida voltou ao que foi os minutos iniciais. Domínio total do Corinthians. E logo aos seis minutos, Jadson tratou de garantir a noite inspirada e a vitória. Sidcley partiu pela esquerda e cruzou. O meia pegou de primeira e marcou um belo gol.

A partida seguia normalmente quando torcedores do Deportivo Lara voltaram a jogar objetos no gramado, desta vez em direção a Cássio. O jogo precisou ficar paralisado por 12 minutos, até que o árbitro uruguaio Andrés Cunha sentisse segurança para o reinício da partida.

Quando a bola voltou a rolar, o Corinthians ampliou a vantagem. Pedrinho tocou para Sidcley, que chegou livre na área e bateu firme para marcar o quarto gol corintiano. E, novamente, o time brasileiro relaxou e como punição levou mais um gol. Reyes chutou errado e a bola sobrou para Hernández bater firme e diminuir o resultado.

E deu tempo de virar goleada. Aos 40 minutos, Mantuan levou pela direita e cruzou para Romero dar um belo voleio e marcar o quinto gol corintiano. Mesmo com a larga vantagem, o Corinthians continuou em cima e ampliou a vantagem Júnior Dutra, por duas vezes. Na primeira, sem marcação, o atacante saiu na cara do gol, bateu cruzado e fechou o placar. Logo em seguida, aproveitou rebote do goleiro e fez o sétimo.

FICHA TÉCNICA

DEPORTIVO LARA 2 x 7 CORINTHIANS

DEPORTIVO LARA - Curiel; Anzola, Di Giorgi, Mendoza e Carrillo; Andreutti (Cardozo), Sierra, Soto (Valderrey)(Vargas), Pedro Ramírez e Reyes; Hernández. Técnico: Leonardo González.

CORINTHIANS - Cássio; Mantuan, Balbuena, Henrique e Sidcley; Gabriel e Maycon (Paulo Roberto); Jadson (Júnior Dutra), Rodriguinho, Pedrinho (Mateus Vital) e Romero. Técnico: Fábio Carille.

GOLS - Jadson, aos 10 e aos 31 (pênalti), e Reyes, aos 45 minutos do primeiro tempo; Jadson, aos 7, Sidcley, aos 24, Hernández, aos 32, Romero, aos 40, e Júnior Dutra, aos 53 e aos 56 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Di Giorgi, Andreutti e Carrillo (Deportivo Lara).

ÁRBITRO - Andrés Cunha (Fifa/Uruguai).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Metropolitano de Lara, em Cabudare (Venezuela).



Tags: corinthians, esporte, futebol, jogo, vitoria

Compartilhe: