Jornal do Brasil

Quarta-feira, 15 de Agosto de 2018 Fundado em 1891

Esportes

Santos leva gol no fim e perde para o Bahia na Fonte Nova

Jornal do Brasil

Com um gol sofrido no último lance do jogo, o Santos perdeu por 1 a 0 para o Bahia, neste sábado, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. O gol marcado por Junior Brumado aos 49 minutos do segundo tempo do duelo disputado na Fonte Nova também assegurou ao time da casa a sua primeira vitória na competição, além dos primeiros pontos.

O Santos tentava emplacar a quarta vitória consecutiva na temporada e a segunda no Campeonato Brasileiro, mas não teve boa atuação, ainda que tenha desperdiçado algumas chances de gol na etapa final, e vinha conseguido segurar a igualdade graças ao bom desempenho de Vanderlei, que fez defesas difíceis, especialmente na etapa inicial, quando o Bahia impôs uma blitz nos primeiros minutos.

O jogo também marcou o retorno de Bruno Henrique, recuperado de lesões no olho direito, mas ele foi pouco participativo no ataque santista, que também sofreu com mais uma atuação ruim de Gabriel, ampliando o seu jejum para oito jogos consecutivos sem marcar.

O resultado deixou ambos os times com três pontos no Brasileirão. Agora, então, o Santos volta as suas atenções para a Copa Libertadores, pois na terça-feira vai receber o Estudiantes, na Vila Belmiro, em seu quarto compromisso no Grupo F. Já o Bahia só atuará novamente em 29 de abril, pelo torneio nacional, contra o Atlético Paranaense, novamente na Fonte Nova.

O JOGO - O início do jogo foi de sufoco e muitos sustos para o Santos. Com boas jogadas pelas laterais, especialmente pela esquerda, o Bahia impôs a condição de mandante e finalizou cinco vezes nos dez primeiros minutos de um duelo em que o time paulista encontrava dificuldades para sair jogando, o que só aumentava o cenário de pressão.

Assim, Vanderlei teve muito trabalho, fazendo uma defesa difícil em finalização e fora da área de Vinicius aos quatro. Aos oito, ele espalmou um chute de Nino Paraíba do lado direito da grande área e ainda viu Edigar Junio acertar a trave no rebote.

O Santos só conseguiu respirar após os 20 minutos, quando o Bahia já não conseguia manter a intensidade inicial. E teve boa chance para marcar aos 22. O time enfim apareceu no campo de ataque, com tabela entre Gabriel e Rodrygo, que finalizou para fora, embora estivesse na cara do gol. O Bahia respondeu aos 26, com uma bela jogada coletiva, em que Léo chapelou Daniel Guedes e cruzou. Alison desviou para cortar, mas Edigar Júnio ajeitou para Zé Rafael, que bateu para fora.

O segundo tempo começou como o primeiro, com Vanderlei evitando gol do Bahia, logo no primeiro lance, em que Zé Rafael, livre, recebeu cruzamento e parou no goleiro. A jogada, porém, não representou o recomeço de nova pressão do time da casa, pois o Santos não adotou postura defensiva na etapa final.

O time tentou atacar, deixando o jogo mais franco e disputado em velocidade, ainda que inicialmente sendo pouco criativo. E, aos poucos, passou a aproveitar os espaços deixados pelo Bahia para criar chances de gol. Foi assim aos 24 minutos, quando Gabriel chutou em cima de Douglas após receber passe de Rodrygo. E o goleiro do Bahia também teve trabalho em uma cobrança de falta de Jean Mota.

Durante a etapa final, o técnico Jair Ventura ainda promoveu a entrada de Bruno Henrique, que não jogava desde a primeira rodada do Campeonato Paulista por causa de lesões no olho direito, e teve atuação apagada no seu retorno.

E quando a partida se encaminhava para terminar sem gols, o Bahia assegurou a vitória no último lance. Aos 49 minutos, após cobrança de escanteio, Elton desviou de calcanhar e Junior Brumado completou para as redes, assegurando os primeiros pontos da sua equipe no Brasileirão.

FICHA TÉCNICA:

BAHIA 1 x 0 SANTOS

BAHIA - Douglas Friedrich; Nino Paraíba, Tiago, Lucas Fonseca e Léo; Gregore, Elton, Vinícius (Regis), Zé Rafael (Allione) e Marco Antônio (Junior Brumado); Edigar Junio. Técnico: Guto Ferreira.

SANTOS - Vanderlei; Daniel Guedes, Lucas Veríssimo, David Braz e Dodô; Alison, Léo Cittadini (Diego Pituca) e Jean Mota; Eduardo Sasha (Arthur Gomes), Gabriel e Rodrygo (Bruno Henrique). Técnico: Jair Ventura.

GOL - Junior Brumado, aos 49 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Cláudio Francisco Lima e Silva (SE).

CARTÕES AMARELOS - Nino Paraíba, Douglas Friedrich e Régis (Bahia); Léo Cittadini, David Braz e Dodô (Santos).

CARTÃO VERMELHO - Guto Ferreira (Bahia).

RENDA - R$ 317.748,00.

PÚBLICO - 15.588 pagantes.

LOCAL - Fonte Nova, em Salvador (BA).



Compartilhe: