Jornal do Brasil

Quinta-feira, 19 de Julho de 2018 Fundado em 1891

Esportes

Vasco x Racing, um duelo de clubes pioneiros na América

Jornal do Brasil

Não é exagero afirmar que o confronto entre Vasco da Gama e Racing será uma das grandes atrações da terceira rodada da Copa Conmebol Libertadores. O jogo, que será disputado na quinta-feira (19), às 19h15 (de Brasília), no Estádio Presidente Perón, em Buenos Aires, marcará o encontro de duas das mais tradicionais equipes do continente sul-americano. Além de estarem entre os clubes mais adorados em seus respectivos países, Vasco e Racing possuem outras coisas em comum.

Em 1948, com o seu lendário esquadrão do "Expresso da Vitória", o Gigante da Colina conquistou o Campeonato Sul-Americano de Clubes. Realizada no Chile, a competição foi a primeira de magnitude promovida no continente. O torneio, inclusive, serviu de parâmetro para a criação da Liga dos Campeões da Europa e, posteriormente, da própria Conmebol Libertadores, vencida pelo Cruzmaltino em 1998. O título vascaíno é considerado precursor, pois foi o primeiro obtido pelo futebol brasileiro no exterior. 

O Racing Club, por sua vez, também possui o pioneirismo em seu DNA. O clube do bairro de Avellaneda pode ser orgulhar de ter sido o primeiro na Argentina a vencer o principal torneio do futebol mundial. Em 1957, no mesmo ano que chegou ao topo do continentel sul-americano, o Racing bateu o Celtic (ESC) e se sagrou campeão da Copa Intercontinental. Nenhuma outra equipe argentina havia atingido esse feito até então.

As conquistas acima mencionadas evidenciam a enorme contribuição dada por Vasco da Gama e Racing Club para o desenvolvimento do futebol em seus respectivos países. As semelhanças entre os dois não para por aí e se estendem para as arquibancadas. Se os torcedores cruzmaltinos se mobilizaram em 1927 e construíram São Januário, que durante inúmeras temporadas foi o maior estádio da América Latina, os alvicelestes deram uma verdadeira demonstração de amor ao evitarem a falência do clube de coração no final da década de 90.

Em 1999, mais precisamente no dia 04 de março, a justiça argentina decretou a falência do Racing, que possuía uma dívida de aproximadamente 30 milhões de dólares. Inconformados com a decisão, os torcedores da "Academia" se mobilizaram e lotaram o "El Cilindro" três dias depois mesmo sabendo que o duelo contra o Talleres não iria acontecer. Mais de 30 mil pessoas foram ao estádio para lutarem contra o fim de uma paixão. A atitude sensibilizou as autoridades. Pouco tempo depois, a decisão foi revertida e o Racing voltou a existir.

Quando o assunto é a formação de talentos, Vasco e Racing também se destacam. Os alvicelestes possuem à disposição Lautaro Martínez, a maior revelação do futebol argentino nos últimos anos. Com grandes chances de disputar a Copa do Mundo, o meio-campo de 20 anos tem tudo para se tornar a maior venda da história do país nos próximos meses. O Cruzmaltino, por sua vez, revelou Philippe Coutinho, uma das maiores apostas do Brasil para o Mundial da Rússia, e conta com Paulinho, de 17 anos, o mais promissor jogador do país de futebol.

Com site oficial do Vasco da Gama



Tags: competição, futebol, libertadores, racing, rodada, vasco

Compartilhe: