Jornal do Brasil

Sábado, 26 de Maio de 2018 Fundado em 1891

Esportes

CAS mantém 47 atletas russos fora dos Jogos de Pyeongchang

Entre os banidos, estão medalhistas olímpicos

Jornal do Brasil

A Corte Arbitral do Esporte (CAS, na sigla em inglês) rejeitou nesta sexta-feira (9) as apelações de 47 russos, entre atletas e treinadores, para disputarem os Jogos Olímpicos de Inverno, em Pyeongchang, na Coreia do Sul.

Após o Comitê Olímpico Internacional (COI) ter rejeitado a presença dos russos na competição, o CAS era a última tentativa dos atletas de participarem dos Jogos. Todos foram banidos pelo escândalo de doping em 2016.

Em nota, o COI afirmou que a decisão "apoia a luta contra o doping e traz clareza para todos os atletas".

Entre os 47 atletas barrados pelo CAS, estão alguns que eram favoritos para conquistarem medalhas de ouro em Pyeongchang. Um deles é o patinador Viktor Ahn, seis vezes medalhista olímpico, já o outro, é Anton Shipulin, um dos mais reconhecidos biatletas do mundo.

O esquiador Alexander Legkov e o piloto de skeleton Alexander Tretiakov são outros importantes atletas russos que não marcarão presença em Pyeongchang.

"Um pequeno vislumbre de esperança em um caso sombrio e sórdido", disse Travis Tygart, CEO da agência norte-americana de antidoping.

Reconhecida nestes Jogos Olímpicos de Inverno como "Atletas Olímpicos da Rússia", o país está parcialmente banida da competição. Todos os esportistas russos vão disputar o torneio sob bandeira neutra.



Tags: cas, doping, jogos de inverno, pyeongchang, rússia

Compartilhe: