Jornal do Brasil

Sábado, 20 de Janeiro de 2018 Fundado em 1891

Esportes

Mancini não descarta assumir comando da seleção italiana

Atual técnico do Zenit, porém, lembrou de crise política na Figc

Agência ANSA

O atual técnico do Zenit, Roberto Mancini, afirmou em entrevista que não descarta assumir o comando da seleção italiana após o fiasco da Azzurra nas Eliminatórias para a Copa do Mundo da Rússia.

"Treinar a seleção seria uma honra, bem como vencer um Europeu ou Mundial. A seleção é muito importante e, quando se é escolhido o treinador, não é possível descartar uma oportunidade dessas", disse Mancini à emissora "Mediaset".

No entanto, ele lembrou da crise política que passa a Federação Italiana de Futebol (Figc), que desde a renúncia do ex-presidente Carlo Tavecchio está sem comando. Segundo o treinador, antes de escolher o técnico, "é preciso escolher o presidente".

As eleições estão marcadas para o dia 29 de janeiro e há apenas uma candidatura já confirmada. O ex-jogador Damiano Tommasi, 43 anos, que atualmente lidera a Associação Italiana de Jogadores (ACI), informou que disputará o cargo.

Tags: azzurra, futebol, italiana, roberto mancini, seleção

Compartilhe: