Jornal do Brasil

Segunda-feira, 23 de Julho de 2018 Fundado em 1891

Esportes

Donnarumma pede anulação de contrato com o Milan

Goleiro alega que assinou renovação sob "pressão psicológica"

Jornal do Brasil

Em crise técnica e na mira do fair play financeiro da Uefa, o Milan ganhou mais um problema para se preocupar, e envolvendo um de seus principais astros: o goleiro Gianluigi Donnarumma.

Segundo o jornal "Corriere della Sera", o jovem arqueiro de 18 anos, por meio de seu agente, Mino Raiola, enviou uma carta à direção do clube rossonero pedindo a anulação da renovação de seu contrato, assinada em julho passado depois de uma longa novela.

No documento, Donnarumma diz ter sido alvo de "pressões psicológicas" para aceitar o novo vínculo, firmado "sem a devida serenidade". A renovação estendeu o contrato de "Gigio" com o Milan até 2021, com um salário anual de 5,5 milhões de euros.

Além disso, o clube também acertou com o também goleiro Antonio Donnarumma, irmão mais velho do titular. No dia da assinatura, 11 de julho, Raiola não estava presente.

A direção rossonera ainda não se pronunciou oficialmente sobre o assunto, porém informações de bastidores dão conta de que a postura com o goleiro será "serena, mas firme".

Donnarumma é considerado uma peça essencial do novo Milan e é titular absoluto, tido também como sucessor de Gianluigi Buffon na seleção italiana. A carta do goleiro é vista no clube como uma tentativa de Raiola de criar "instabilidade".

"Falo com Gigio todos os dias, ele está tranquilo. Nunca o ouvi dizer que serão suas últimas partidas", comentou nesta terça-feira (12) o técnico milanista, Gennaro Gattuso. Se a renovação for anulada, o contrato de Donnarumma terminará em junho de 2018, quando ele poderia deixar o Milan a custo zero.

Ainda de acordo com o "Corriere", o Real Madrid e principalmente o Paris Saint-Germain estão de olho na situação de "Gigio". 



Tags: campeonato, europeu, futebol, italia, italiano

Compartilhe: