Jornal do Brasil

Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Esportes

Mundial de Clubes começa hoje com Grêmio e Real favoritos

Al-Jazira e Auckland City vão dar o pontapé inicial do torneio

Agência ANSA

Apesar das expectativas com as estreias de Real Madrid e Grêmio, o Mundial de Clubes da Fifa começa nesta quarta-feira (6) com os "coadjuvantes de luxo" da competição.

Com isso, Al Jazira, dos Emirados Árabes Unidos, e Auckland City, da Nova Zelândia, vão dar o pontapé inicial do torneio internacional nesta quarta, em Al Ain, e lutarão para serem a "zebra" da vez.

A primeira partida entre os dois irá decidir avança para as quartas de finais. O vencedor enfrentará o Urawa Reds, do Japão, e quem vencer mais esse jogo vai para as semifinais encarar o favorito Real Madrid.

No outro lado da chave, o mexicano Pachuca e o marroquino Wydad Casablanca já estão garantidos nas quartas de finais, e irão duelar para saber quem será o adversário do Grêmio nas semifinais.

Tradicionalmente jogado no Japão, essa será a terceira vez em que o Mundial de Clubes será disputado nos Emirados Árabes Unidos. A última havia sido em 2010, ano que a Inter de Milão venceu o torneio.

Conheça os clubes que vão disputar o Mundial de Clubes - Al-Jazira (Emirados Árabes Unidos): O Al-Jazira é o representante do país-sede. O time se classificou por ter conquistado o campeonato nacional dos Emirados Árabes Unidos.

Comandado pelo holandês Henk Ten Cate, um dos principais nomes do elenco do clube é o brasileiro Romarinho, ex-Corinthians.

Além dele, o Al-Jazira conta com o francês Lassana Diarra, ex-Real Madrid.

- Auckland City (Nova Zelândia): Com nove participações, o Auckland City é o time que mais vezes disputou o Mundial de Clubes, mas sempre com status de azarão. O clube se classificou por ter conquistado o Liga dos Campeões da Oceânia. O elenco do Auckland é a base da seleção da Nova Zelândia.

- Urawa Reds (Japão): O clube se classificou por ter vencido a Liga dos Campeões da Ásia, ao vencer o Al Hilal da Arábia Saudita. O Urawa é um dos principais clubes do Japão e disputou o Mundial de Clubes em 2007, mas perdeu na semifinal para o Milan de Kaká. Em seu elenco, o clube conta com os brasileiros Maurício e Rafael Silva, um dos principais nomes da equipe.

- Pachuca (México): O Pachuca investiu muito para esta competição e é uma das equipes que podem surpreender. O clube mexicano disputará pela quarta vez o Mundial e pretende chegar a uma inédita final. Em seu elenco, a grande aposta é no japonês Keisuke Honda, em Milan.

- Wydad Casablanca (Marrocos): A meta da equipe marroquina é imitar o feito do seu maior rival, o Raja Casablanca, que chegou na final em 2013. O representante africano não tem nomes conhecidos no elenco, mas na temporada vem se destacando o atacante Achraf Bencharki e o meio-campista Walid El Karti.

- Grêmio: Campeão da Libertadores, o Grêmio chega para sua primeira edição do torneio organizado pela Fifa. Contando com o antigo molde do Mundial de Clubes, o Grêmio buscará seu segundo título. O tricolor gaúcho não contará no torneio com os meias Arthur e Cícero.

- Real Madrid: O Real Madrid não vem jogando o que mostrou na temporada passada, mas mesmo assim é o grande favorito para levar o título. O atual campeão da competição irá com força total ao Mundial de Clubes, e o técnico Zinedine Zidane já comentou que a equipe madrilenha vai ao torneio sair com o título. 

Tags: esporte, futebol, gremio, jogo, libertadores

Compartilhe: